Topo
pesquisar

Tempos Atuais

Religião

Como o mundo poderia ser melhor, o que devemos fazer, o que a dor poderá nos proporcionar...

Sei que todos devem estar se perguntando será que o mundo
não poderia ser melhor?


E eu vos respondo, sim poderia e vai ser melhor, infelizmente os caminhos são estes, na maioria das vezes para se chegar ao amor os caminhos do desamor devem ser trilhados para que se processe vastos conhecimentos onde as duvidas deixam de existir e o amor sobrepuja todos os atos hediondos e inconseqüentes de tantos que se acham poderosos.

Devemos ser conscientes que através da dor o mundo estará experimentando um chamamento para as coisas espirituais, irá começar morosamente a despontar pessoas mais preocupadas e bem intencionadas em reverter para melhor o quadro desanimador que assolam nossos lares, nossos trabalhos, enfim, infelicita nossa sociedade.


Mas, nós que já entendemos um pouco mais as beneficies da dor devemos ajudar o processo evolutivo vibrando para o nosso país e nossos dirigentes para que possam ser intuídos e inspirados pela luz a permitir novos rumos para nosso país, bem como para nosso planeta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Saibamos tomar o nosso lugar sem equívocos, não sejamos injustos com a justiça divina, sejamos felizes e lutemos a favor do amor, da paz, do entendimento, só que esta iniciativa deverá ter origem primeira dentro de nós mesmos e sim depois distribuirmos aos que estão ao nosso lado e que nos relacionamos.

Assim sendo, seremos merecedores das alegrias que sobrevirão a nós, saibamos respeitar os desígnios de Deus, mas façamos nossa parte para que sejamos co-autores pró-ativos desta mudança para o bem.

Nunca se esqueçam de que o amor encurta distâncias e mais ainda o universo conspira a nosso favor.

Que a oração esteja sempre em vossas lembranças diárias, sendo um lenitivo aos vossos corações.


No amor e na luz
Leontina Rita Acorinti Trentin


Publicado por: Leontina Rita Aocrinte trentin

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola