Topo
pesquisar

O Jainismo

Religião

Clique e saiba o que é o Jainismo

O Jainismo teve origem por volta dos VII ou VII antes da era cristã, bacia do rio Ganges. A palavra Jaina ( ocidentalizada como Jain), da qual deriva o nome Jainismo, é um termo sânscrito que designados seguidores dos mestres oniscientes chamados Jina, “vitoriosos” expressão obtida porque esses mestres tiveram a vitória sobre as paixões e os sentidos lhes possibilita chegar ao esclarecimento e a conseqüente libertação do ciclo de renascer, libertação esta vista como um estado de bem-aventurança. Estes também fundaram uma comunidade de monjes, monjas e homens e mulheres leigos, figurativamente chamados de “Vau” (tirtha, em sânscrito), ou caminho para atravessar as águas do renascimento, em geral cada um deles é chamado de tirthankara, construtor da vau. Dentre estes jainistas podemos destacar duas figuras históricas: Parsva e Mahavira, ambos viveram durante um período significativo de relinhamento sociopolítico e especulação religiosa no norte da Índia. Não restam registros diretos de Parsva, de tal modo que a sua figura necessita ser construída com base em fontes posteriores, provavelmente ele viveu entre os séculos VIII e VII antes da era cristã. Em geral, Mahavira é considerado o fundador do Jainismo, porém é mais razoável vê-lo como um divulgador dos ensinamentos de Parsva. A tradição atribui que Mahavira tenha vivido no período de 599-529 antes da era cristã, embora talvez tenha vivido um século depois.

A tradição religiosa do jainismo tem como centro os seres humanos e suas preocupações e ensina que o universo é eterno e não possui criador. Embora existam deuses, em um sistema de céus acima do mundo humano, estes deuses não têm influências sobre os assuntos dos seres mortais e eles próprios podem deixar de serem deuses e deixar de serem deuses e renascer. Os ensinamentos jainistas descrevem a realidade constituindo duas categorias: Jiva (alma) que na sua forma original é caracterizada por qualidades de pleno conhecimento, bem-aventurança e energia, e a não Jiva- átomos, qualidades de movimento e repouso e que juntos constituem o mundo material.

O jainismo ensina uma trajetória espiritual que permite que a alma fuja da influência do Karma (atraído para a alma pelas ações violentas), uma das observâncias mais comuns é o samayika, um período de 48 minutos de reflexão e ausência de qualquer atividade.  O interior dos templos propicia locais para as imagens dos tirthankaras, que como símbolos da fruição do caminho jainista, podem ser venerados mentalmente ou com oferendas materiais. O festival que une todos os jainistas é o Mahavir Jayanti, aniversário de Mahavira, celebrado entre o final de março e o inicio abril.      

Referências Bibliografia:  O livro  de ouro das religiôes: a fé no Ocidente e Oriente, da Pré-História aos nossos dias, John Bowker. Rio de Janeiro- editora PocketOuro, 2010.


Publicado por: RUBENS SANTOS DO NASCIMENTO

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola