Topo
pesquisar

O agressor sexual infantil está ao nosso lado

Religião

É preciso estar sempre atento.

“Do fruto de sua boca o homem desfruta coisas boas, mas o que os infiéis desejam é violência.” (Provérbios 13:2)



Jamais imaginamos que um agressor sexual chegará a nossa casa, ele normalmente está na TV, na casa do outro bem longe. Porém não é assim, ele pode estar debaixo do seu teto e nós não reconhecemos.

Claro que concordo que estas pessoas têm algo errado em suas mentes, porém as vejo mais como mentes cheias de satanás do que uma doença puramente dita. Toda vida isso ocorreu em nosso meio, porém a sociedade não via ou fingia não ver o fato é que sempre ignoramos o que era dito pelas crianças e adolescentes. E as conversas entre pais e filhos não se permitia expor tamanha situações como estas. Graças a Deus as coisas mudaram e hoje conseguimos ouvir nossas crianças e as entender, o que é mais importante as defender. Porém ainda encontramos muitos pais que preferem acreditar no adulto a defender seus filhos.

Este fenômeno infelizmente é universal, não é uma prática simplesmente restrita a uma camada da sociedade, faz parte da realidade de inúmeras famílias de nosso país e mundo. Normalmente estamos procurando entender as vítimas do fato, mas pouco damos atenção a quem foi o agressor. Conhecer sua história, investigar o porquê e ver como essa situação chegou a este ponto. O agressor tem sido estudado, investigado e punido. O tipo de punição também já está sendo estudado e investigado. Qual tipo de punição é mais adequado não sabemos, o que sei é que devemos impedir que este mal assole nossas casas.

Infelizmente muitos destes abusos são consequência de outros abusos, ou seja, a vítima do passado faz a vítima do presente. Estas vítimas normalmente apresentam transtornos no futuro. São adultos inseguros, com transtornos de humor. E quebrar este circulo vicioso é primordial para estancar essas mazelas que nos rodeiam.

O que se tem observado é que estes agressores são pessoas de qualquer classe social, escolaridade e estilos de vida mais variados. Mas, estamos lidando com uma classe que está em qualquer parte de nossa sociedade indo de nossas casas a igreja, passando pelas escolas, delegacias e onde existir criança por perto. Estes agressores normalmente não têm fichas criminais ou comportamentos que nos levam a identificá-los de primeira. São pessoas que conquistam a confiança da família e da criança. O volume dos que tem problemas mentais severos é pouco, cerca de 4% segundo estudos internacionais.

Sabem que estão fora da lei, mas não conseguem ficar sem executar sua prática danosa. Então leva-se a uma conclusão que eles planejam o crime, não importando quanto tempo leve. “A criança é a resposta positiva de seus atos.”

O pedófilo pode sofrer deste tipo de transtorno e ficar durante toda vida sem a manifestação. E outros já planejadamente casam-se com mulheres que tenham filhos criança e ou adolescentes, se tornam professores infantis, padres, palhaços, pastores e outras atividades relacionadas à infância e adolescência, para assim tornarem mais fáceis a prática de suas transgressões. Outro fato importante para se observar. É que a pedofilia quase nunca começa com o abuso sexual em si, ela se inicia com uma carícia leve, algo que o molestado até nem perceba onde vai dar. Não assusta de inicio, é sempre ligada a recompensa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O ato de pedofilia não se trata pura e simplesmente de satisfação sexual, pois isso poderia ser resolvido com uma pessoa de maior idade, mas o agressor só reconhece menores como objetos sexual que lhe dá prazer.

Nós pais temos que estar muito mais alerta que podemos imaginar. Observando o comportamento das crianças sua fala e jamais deixar de ouvi-los para sabermos como anda suas amizades e até os pais e família de seus amigos. Jamais uma criança deve ficar sozinha com um adulto que você não conheça realmente. Não por ser tio que não será o seu agressor. Os pais hoje não podem mais deixar os filhos a deriva. Precisamos preservar a intimidade de nossas crianças e ensina-los algumas práticas como contar quando alguém pedir para que baixe a roupa íntima, não deixar ninguém tocar em seu corpo, ensiná-los a gritar, falar quem tentou fazer algo, não importando quem seja.

O coração do homem está entregue as suas próprias paixões cada um procurando sua própria satisfação. Satanás veio para matar, roubar e destruir e para isso ele tem usado pessoas dispostas a dar lugar à carne. Então satanás tem destruído famílias com essas práticas, matando os sonhos do ser humano ainda na infância e roubando a paz dos pais. Devemos estar sempre e em constante oração para que Deus traga luz a cada pecado deste não importando onde estejam e quão oculto. Estando em lugares como, igrejas, escolas e onde mais houver tais práticas. Que o Sangue de Cristo caia sobre tais pessoas os desnudando, não importando quem sejam. Mas que possamos com amor cuidar de nossas crianças de forma a protegê-las e as ensiná-las o caminho em que devem andar. Não devemos esperar que autoridades resolvam estes problemas, pois não conseguiram. Mas nós que estamos educando e criando temos como prestar mais atenção à volta, observar e não deixar que nossas crianças tenham como companhia a televisão e o computador, sermos mais pais, companheiros para que nossos filhos possam saber que podem contar conosco.

Jesus está ás portas, tudo isso nos mostra que Cristo já vem. Satanás tem encontrado cada dia mais servos dispostos a dar lugar a ele e a carne proliferando loucuras e destruição. Quando satanás consegue destruir uma criança é mais um adulto que fará suas vontades e terá provavelmente ódio do mundo. Mas Cristo está a nossa espera, querendo que lancemos sobre Ele mais essa ansiedade. Quando um pai e uma mãe oram a Deus em Cristo Jesus não há forças que resistam. Contra os pedófilos usados por satanás que insistem em perturbar a paz nos lares somente o Sangue de Cristo Jesus.

Até a próxima...

Silvia Letícia Carrijo de Azevedo Sá
leticiacarrijo@oi.com.br
http://www.artigonal.com/find-articles.php?q=silvia+leticia

Ricardo Luiz de Matos
Matosrl@yahoo.com.br


Publicado por: silvia leticia carrijo de azevedo sá

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola