Whatsapp

HIPNOSE NA RELIGIÃO

Religião

Análise sobre a prática da hipnose na religião.

Introdução

A prática da hipnose individual ou coletiva não é uma ilusão exercida por charlatões que objetivam enganar um público ou quem quer que seja. É na verdade uma técnica psicológica existente, reconhecida e praticada em várias áreas por vários profissionais. Quando está em transe hipnótico, o indivíduo tem seu padrão de consciência modificado, através da indução ou autoindução, com os pensamentos redirecionados.

Hipnose atual na medicina, psicologia e odontologia

Alguns profissionais da saúde médica-psico-odontológica passaram a incluir a sugestão e a hipnose como método terapêutico junto a seus pacientes para obter resultados com mais rapidez e eficiência. Uma vez submetidos a transes hipnóticos, os pacientes poderiam se livrar de dores, traumas, vícios, doenças, ansiedade, fobias, depressão, asma, febre, etc.

Hipnose na psicanálise

Quem já fez leitura dos textos de Freud, sabe que no início de suas pesquisas para obter resultados na melhora da terapia junto a pacientes que vinham de traumas vividos no passado, o pai da Psicanálise fez uso da sugestão e hipnose, obtendo significativas melhoras, mesmo que mais tarde tenha abandonado essa prática.

Desenvolvimento

Hipnose na religião

Como não poderia deixar de ocorrer, a partir da associação dos conhecimentos científicos com os conhecimentos teológicos, várias descobertas da psicologia passaram a ser usadas por religiosos.

No aconselhamento

Foi principalmente na área do aconselhamento que a sugestão e a hipnose passaram a ser usadas pelos conselheiros religiosos, interpretando que seria uma ferramenta de natureza científica que poderia proporcionar melhores resultados. Por outro lado, alguns conselheiros religiosos radicalizaram a exclusividade do uso da Bíblia e apenas da Bíblia no aconselhamento, rejeitando assim qualquer parceria com a psicologia e consequentemente com a sugestão e a hipnose.

Nos rituais

Então, para surpresa geral de quem conhece técnicas de sugestão e hipnose, principalmente as realizadas em palco, a título de shows, eis que líderes religiosos passaram também a fazer uso desses métodos, tanto por aprendizagem em cursos como por imitação observando os que passaram a usá-las. A diferença básica entre os shows de palco e os rituais é a linguagem. O conteúdo da voz de comando usa as palavras religiosas e os nomes das divindades, sugerindo situações a serem experimentadas, principalmente o transe espiritual, com enfrentamento de Satanás e seus demônios e cura de enfermidades. Uma vez usando essa linguagem religiosa, os fiéis não percebem que há prática de sugestão e hipnose, sendo interpretada como manifestação do poder de Deus. Em outras palavras: além de ser praticada em várias áreas profissionais, cada vez mais temos constatado sua presença sutil e camuflada no ambiente religioso. Enquanto nas diversas áreas a prática é claramente informada ao indivíduo ou ao público, na religião ela tem sido usada sem que as pessoas tenham conhecimento

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vantagens e desvantagens da hipnose nos rituais.

Essa experiência não estaria sendo aceita, ainda que na ignorância, se não existissem resultados através de testemunhos que são dados por pessoas. Os relatos, documentários, reportagens mostram não só as cenas de transe religioso, mas também as mudanças que estariam sendo experimentadas por pessoas, através da uma nova maneira de viver, inclusive começarem a fazer parte de uma igreja, seita ou religião. Mesmo que fosse objeto de crítica e rejeição por parte dos seus opositores, essa atitude seria semelhante a muitas outras atitudes de críticas e rejeição direcionadas à fé, tanto no passado distante quanto no presente. Ocorre, todavia, que o fato mais perigoso dessa nova metodologia em igrejas é a substituição inconsciente e confusa daquilo que a bíblia registra como manifestação do poder de deus através da palavra, do espírito e do nome de jesus cristo. inconsciente, porque estaria sendo feita sem que este fato seja percebido. confusa, porque o que acontece seria interpretado como manifestação do poder de deus.

Conclusão

Diante da multiplicação desse método em algumas igrejas, através de novos líderes que assim alcançam resultado e sucesso junto ao povo e na mídia, o grande desafio de outros líderes espirituais é fazer a escolha consciente de optar pelo não uso de sugestão e hipnose nos cultos e missas. As razões são as seguintes: a) Deus continua operando seu poder através da Palavra, do Espírito e do Nome e Jesus Cristo; b) pessoas vão experimentar verdadeira conversão e receberão bênçãos de Deus através do poder e Deus; c) Deus não morreu e nem se ausentou para que seja substituído por líderes religiosos carismáticos, que aliás a Ele irão prestar conta de seus atos; d) as palavras de Jesus  Cristo sobre feitos, sinais, milagres e obras sendo realizadas em seu nome, sem legitimidade, estão sendo ainda mais aplicáveis em nosso tempo (Mateus 7.21-23)

Este é o  desafio atual!

______________________

Bibliografia

ADAMS, Jay. Conselheiro Capaz. São Paulo: Editora Fiel. 1999.

COLLINS, Gary. Aconselhamento Cristão. São Paulo: Edições Vida Nova, 1985.

HERMANN, Walther. Transe Religioso. Artigo. Fonte: http://www.idph.net/artigos/novaeducacao/transenossodecadadia.php

PUENTES, Fábio. Hipnose – Marketing das Religiões. Edição do Autor. Sem data.

SUTPHEN, Dick. A Batalha Pela Sua Mente. Psychologie und Landmark Education. Fonte: www.ateus.net

 

Dados do autor: Edson Raposo Belchior

Teologia / Recursos Humanos

Posgraduação em Gestão Empresaria

Mestrado em Psicologia Pastoral


Publicado por: Edson Raposo Belchior Belchior

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola