Topo
pesquisar

Cristo é vitorioso sobre Satanás

Religião

História da vitória de Jesus sobre Satanás com passagens bíblicas.

“Seremos controlados ou por Satanás, ou pelo eu, ou por Deus. O controle de Satanás é escravidão; o controle do eu é futilidade; o controle de Deus é VITÓRIA” (autor desconhecido)

Houve uma festa de arromba um tempo atrás. Esta talvez seja a festa mais frustrada de todos os tempos, mas enquanto ela acontecia parecia ser a maior de todas. Muitos gritos de vitória, muitos cantando. Era bem maior que torcida de futebol se alegrando por um campeonato ganho. Esta festa durou exatamente três dias. Foram três dias apenas de aparente vitória. Os donos da festa haviam presenciado uma inédita execução, a mais desejada de todas.

Era tudo o que precisavam, um inocente morto, com humilhação e sozinho. Para que isso acontecesse precisou que o povo pedisse sua morte, o dono desta festa imaginou que dependeria dele essa morte. E o povo gritava – mate-o, mate-o.

Os preparativos não duraram muito, apenas o tempo suficiente para que encontrasse a desculpa certa para acusação sem revogação. O fato então acontece. Um amigo e companheiro foi usado para a traição e o acusado fosse preso. A morte chega, houve muita tortura, muita negação daqueles que se julgavam seu amigo. Ninguém queria estar perto daquele homem naquele momento. Afinal sua acusação era de baderneiro, causador de confusão, divisão, tudo que não era ali se tornou.

Enquanto aconteciam os açoites, Satanás olhava para Jesus e já festejava sua morte, a grande vitória. Outros diziam: “Não és o filho de Deus?”

Porém a morte de Jesus não conseguiu fazer de Satanás um vencedor, Jesus venceu a morte por meio de Deus o Rei e Senhor dos Senhores. Satanás teve que acabar sua festa sem poder dizer uma só palavra. Foi vencido mais uma vez.

Há uma guerra constante entre os dois. Cristo o Eterno vencedor e Satanás considerado o príncipe deste mundo o perdedor tentando arrebanhar cada dia mais pessoas para morar com ele no inferno.

Jesus foi levado a um deserto em jejum, ali Satanás tenta mais uma vez conquistar seu coração. Eram os preparativos da festa. Houve então umas propostas bem recheadas de desejos humanos e quase irrecusáveis. Não foi qualquer proposta, se nos fosse feita garanto que não daríamos conta de resistir sem Deus nos ajudando. Era tudo que uma carne deseja. Poder, fama, dinheiro, governos.

“Então o Diabo chegou perto dele e disse: - Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras virem pão.”(Mateus 4:3) nasce ali a primeira proposta. Com a fome de quarenta dias se ele era realmente o filho de Deus, era fácil ter tal poder, poderia ali satisfazer sua vontade, seja ela qual fosse. Imagine tal poder em suas mãos. O que faria? Imagine a cena, Jesus com fome, podendo transformar pedra em pão. O corpo fraco, as forças lhe saindo a proposta de pão chega. Mas Jesus sabia quem era e quem lhe falava e a resposta vem com uma autoridade divina. “Nem só de pão vive o homem” (v.4). Não é o poder de transformação de coisas que nos fará ser felizes ou vencer. O poder jamais salvará nossas almas das mãos de Satanás.

Jesus não cedeu de forma alguma, sabia que bastasse uma só palavra e os anjos viria o servir, mas sua missão era outra não era ser servido e sim servir.

“Em seguida o Diabo levou Jesus até Jerusalém, a Cidade Santa, e o colocou no lugar mais alto do Templo. Então disse: - Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui, pois as Escrituras Sagradas afirmam: "Deus mandará que os seus anjos cuidem de você. Eles vão segurá-lo com as suas mãos, para que nem mesmo os seus pés sejam feridos nas pedras." (Vs:5-6) Se a missão de Jesus era salvar a humanidade, não haveria chance melhor que esta. Mostraria com sua própria vida o que era ser salvo, ele se atira dali, os anjos vem e o salva, todos veriam a cena e se converteriam por quem ele era. Não precisaria mais morrer. Imagine o festival de poder e fama que iria acontecer. A morte de cruz, tão temida e humilhante seria totalmente desnecessária. O caminho proposto por satanás foi de atalho. Um caminho curto para encontrar o sossego ao invés de sofrer pelos pecados de outros. Se o desejo de Jesus era que todos o reconhecessem como Salvador, era a melhor chance.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A resposta de Jesus vem de encontro a nós hoje que só queremos manifestações de milagres, maravilhas e não o caminho certo e sacrificial. Queremos o atalho e não sofrer por amor a Cristo. – “Jesus respondeu: - Mas as Escrituras Sagradas também dizem: "Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus." (Vs.7). Jesus não aceita ser um pop star, e hoje não é diferente, ele não deseja apenas nos mostrar seus milagres como se isso fosse meio de salvação. Ele deseja se mostrar como único salvador.

“Depois o Diabo levou Jesus para um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e as suas grandezas e disse: -Eu lhe darei tudo isso se você se ajoelhar e me adorar.”(Vs. 8-9). Os reinos do mundo, quantos são! Quanto poder debaixo de sua forte e potente mão. Quantos estariam a lhe servir, quantos desejariam estar perto de nós se fosse o caso para nos dar honra vitórias e reconhecimento mundial. Satanás não poupou poder a Jesus, lhe ofereceu o top de linha para os desejos humanos, não havia proposta melhor no momento. Não precisaria concorrer a nenhum cargo público, tudo seria seu bastasse prostrar-se e o adorar. Segundo Lutero Satanás aqui se mostra como se fosse Deus, Senhor de todos os reinos da terra.

Satanás influência sim o mundo, mas não é dono dele, está apenas sendo autorizada por Deus a fazer tais absurdos por não nos rendermos a sua soberana vontade, mas dono jamais. “Ao Deus Eterno pertencem o mundo e tudo o que nele existe; a terra e todos os que nela vivem são dele.” (Salmos 24:1)

Ao pensarmos nos preparativos da festa de Satanás veremos que já se iniciou com fracasso, Satanás perdeu essa guerra também. Foi cartada de mestre, imagine se Satanás consegue que por um minuto apenas a adoração de Jesus. A festa não duraria três dias, mas o resto dos séculos, e nós não teríamos nossos pecados perdoados.

Jesus mesmo debilitado fisicamente pela fome e sede não perdeu capacidade de responder de acordo com Deus seu pai. A resposta de Jesus deixa Satanás sem rumo “Jesus respondeu: - Vá embora, Satanás! As Escrituras Sagradas afirmam: "Adore o Senhor, o seu Deus, e sirva somente a ele." (Vs. 10) Jesus rejeita a adoração a outro Deus que não seja o verdadeiro e eterno Deus pai e criador. Seu zelo pelas coisas do pai era imenso, ele mostra que só existe um digno de ser adorado e louvado. Jesus dá apenas uma ordem. Retira-te e Satanás se retirou vencido pelo Cristo.

“Então o Diabo foi embora, e vieram anjos e cuidaram de Jesus.” (Vs. 11) Ele cuida de nós quando não nos rendemos a deuses estranhos e nem a propostas satânicas de poder, fama e tudo que nos tira do centro da sua vontade e da santidade de Cristo.

Jesus venceu Satanás por nós, para que possamos ter hoje uma vida reta e de vitórias, não precisamos negar nossa fé, não precisamos sofrer sem ter com quem contar. Não precisamos dos banquetes de aparência legal de Satanás. O fim de cada uma é caminho de morte. Você acha que Satanás cumpriria sua proposta, claro que não? Assim também é conosco ele apenas nos promete, não te conta como será o resultado de se prostrar a ele. Não te fala da escravidão.

Jesus venceu Satanás, nós em Cristo também podemos o vencer. Não precisamos render a suas tentações mesmo que com aprente delicias e vitórias certas. Tentação terá sempre, não adianta Satanás não para de nos tentar, nos fazer propostas indecentes. Mas venceremos todas se nosso coração estiver em Cristo que o venceu primeiro por nós.

Até a próxima...


Publicado por: silvia leticia carrijo de azevedo sá

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola