Topo
pesquisar

A Origem das contendas

Religião

Relato de uma viagem que a fez refletir sobre os ensinamentos divinos.

“São as ações dos homens e noa as palavras que expressão seus pensamentos” John Lackes

Saímos em família este fim de semana para uma prática jamais exercida por mim – pescar (não sabia nem usar o anzol, diga-se de passagem, o que leva a conclusão que compramos peixes, é claro) fomos para uma cidadezinha tão pequena e longe que nem farmácia encontrei. Não pega celular, nem Tv sem parabólica. Porém é uma delicia de cidade, um calor imenso durante o dia, e fresco a noite. Todos conhecem todos e quando alguém diferente aparece, todos olham para saber para casa de quem está indo. No rio onde pescamos cada um assume seu posto, não invadem o local do outro, mesmo que por um dia não vá ou se atrase. Os pescadores são amigos, mesmo aqueles que vão apenas para esta prática. Parecia tudo muito lindo até que comecei a conversar e saber como era a história das pessoas e como ficavam as casas de campo.

As casas de campo não são luxuosas como vistas em revistas e televisão. São casas de aparência comum, algumas até muito simples, nada de visão para encher os olhos, mesmo alguns famosos que lá tem casas de campo não ostentam nada. Então me contaram que está sendo impossível manter as casas. Há moradores que chegam a ter empresas de revenda de móveis em outra cidade. E estes móveis são retirados das casas de campo em robôs noturnos, pois onde elas estão não é local de habitação diária. Então pude perceber porque as casas que entrei não havia televisão, microondas e nem luxo. A mais linda que encontrei está vazia, levaram tudo dela recentemente, encostaram o caminhão pelos fundos e não sobrou nada, só não mataram o dono porque não estava lá. Outro caso que me chocou naquela divina paisagem divinamente construída é de um pescador local. Disseram-me que não era bom andar ás margens do rio de barco ou lancha, pois os peixes dão o fora. Então o pescador pediu aos navegantes que fossem mais para o meio do rio para não o atrapalhar já que este é o seu ganha pão. À noite os navegantes voltaram atearam fogo na sua casa, não sobrou absolutamente nada do velho pescador. Esta lá só o local negro pela violência.

É comum que entre os homens haja discórdia, mas é difícil entende-las. Ao chegar em casa fui ler a Bíblia e procurar uma resposta para tantas discórdias. Em um lugar onde não precisavam disto, são tão poucos habitantes. Lá naquela comunidade eu infelizmente conheci o que causa tamanhas contendas. O que veio a calhar com as escrituras sagradas. A inveja, as drogas e a vontade se serem o que jamais será se continuarem com as atitudes vista ali. Deparei-me com Tiago 4 e diz assim: “De onde vêm as lutas e as brigas (contendas) entre vocês? Elas vêm dos maus desejos que estão sempre lutando dentro de vocês. Vocês querem muitas coisas; mas, como não podem tê-las, estão prontos até para matar a fim de consegui-las. Vocês as desejam ardentemente; mas, como não conseguem possuí-las, brigam e lutam. Não conseguem o que querem porque não pedem a Deus. E, quando pedem, não recebem porque os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres. Gente infiel! Será que vocês não sabem que ser amigo do mundo é ser inimigo de Deus? Quem quiser ser amigo do mundo se torna inimigo de Deus. Não pensem que não quer dizer nada esta passagem das Escrituras Sagradas: "O espírito que Deus pôs em nós está cheio de desejos violentos." Porém a graça que Deus dá é ainda mais forte, pois as Escrituras Sagradas dizem: "Deus é contra os orgulhosos, mas dá graça aos humildes." Portanto, obedeçam a Deus e enfrentem o Diabo, que ele fugirá de vocês. Cheguem perto de Deus, e ele chegará perto de vocês. Lavem as mãos, pecadores! Limpem o coração, hipócritas! Fiquem tristes, gritem e chorem. Mudem as suas risadas em choro e a sua alegria em tristeza. Humilhem-se diante do Senhor, e ele os colocará numa posição de honra. Meus irmãos e minhas irmãs, não falem mal uns dos outros. Quem fala mal do seu irmão em Cristo ou o julga está falando mal da Lei e julgando-a. Pois, se você julga a Lei, então já não é uma pessoa que obedece à Lei, mas é alguém que a julga. Deus é o único que faz as leis e o único juiz. Só ele pode salvar ou destruir. Quem você pensa que é para julgar os outros? (Tiago 4:1-12)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Posso então concluir que a origem das contendas está nos desejos corruptos do homem, na inveja que continua morando em nossos corações e nas mentes sem Cristo. São desejos destruidores com aparência de coragem ao invadir a privacidade do próximo.

É a falta de gratidão a Deus daquilo que tem a falta de pedir a Deus o que se deseja e saber receber dele o que realmente precisam e não apenas o que desejam. Que nem sempre é o que precisamos. Também é a falta de encher-se do espírito Santo de Deus ao invés de consumirem drogas, bebidas que só os têm levado a pecados, prostituição e a perda da juventude.

Quando Tiago diz para sujeitar-mos a Deus, ele fala de um ato voluntário, deixar Deus agir no mais profundo de nosso ser, naquele lugar onde ninguém conhece só nós e Deus se o deixarmos entrar. Devemos saber que estamos debaixo da autoridade de Deus, não importando se você a reconhece ou ignora, ele sabe cada passo e cada atitude nossa. Agora quanto a obedecer é nossa escolha.

Sujeitar a Satanás e cometer cada ato de covardia e de subversão pode parecer corajoso, ninguém sabe quem é, mesmo que fiquem sabendo poderá se intimidar colocando fogo em casas, cravando carros de balas ou outras atitudes aparentes de baixa periculosidades. Só que isso não nos torna corajosos e sim covardes e cada vez mais longe de Cristo e de nossas famílias. Isso não o torna alguém brilhante. Deus te olha com olhar de compaixão, te vê como pecador necessitado de sua graça e misericórdia. Torna-se escravo de Satanás, que não se preocupa contigo, apenas te usa. Depois te deixa a mercê dos homens da justiça e da sociedade.

A quem você cometeu cada ato pode te odiar, mas Cristo morreu por todos nós. Ele não importa que ato tenha cometido ele quer te limpar, te fazer um novo ser, uma nova criatura.

Podemos sim resistir ás tentações do diabo e limpar nossas vidas, nossas atitudes. Deus é maior que todos os nossos maus desejos, Deus é maior que qualquer vício que nos leva a cometer cada ato contra o próximo.

As contendas não nascem longe de nos e se torna reflexo em nossas atitudes, elas nascem em nossos corações contaminados pelo pecado sem pedido de perdão, pela inveja e partidarismo desnecessários, pelo olhar incorreto por aquilo que não é meu nem me pertence. Pelo desejo de ser mais do que sou e que eu possa ser neste momento.

Pretendo voltar àquela cidade, espero não ver luz sendo roubada do cemitério, casas abandonadas por roubos e poder caminhar á noite para tomar sorvete sem medo de encontrar jovens drogados a procura de pessoas para destruir. A cidadezinha é linda, limpinha e cheia de pessoas fantásticas perdendo seus filhos para as drogas vindas das cidades grandes. O barulho do rio é igual o mar, quando vem o vento faz pequenas ondas e logo após o vento vem à calmaria de um rio. Um vento fresco, um queijinho quente, um churrasco a beira do rio e é claro sem deixar lixo por lá.

Tiago deixa uma palavra que precisamos aprender todos os dias de nossas vidas, que se encontra no versículo sete a nove que diz: “Portanto, obedeçam a Deus e enfrentem o Diabo, que ele fugirá de vocês. Cheguem perto de Deus, e ele chegará perto de vocês. Lavem as mãos, pecadores! Limpem o coração, hipócritas! Fiquem tristes, gritem e chorem. Mudem as suas risadas em choro e a sua alegria em tristeza”.

Até a próxima...


Publicado por: silvia leticia carrijo de azevedo sá

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola