Whatsapp

Coaching uma das carreiras promissoras no Brasil

Português

O sucesso do Coaching no Brasil.

Uma das carreiras que começa a despontar no Brasil é a de coaching. Entretanto, esta profissão já faz muito sucesso em terras estrangeiras. Segundo pesquisa realizada em 2010 pela revista Harvard Business Review Survey, mais de 48% das empresas americanas usam coaching para desenvolver a capacidade de liderança de seus funcionários. De acordo com outra pesquisa, do Chicago Business News, executivos que passaram por coaching melhoraram 90% em produtividade, 80% se mostraram mais abertos para mudanças organizacionais e 70% deles conseguiram melhorar o ambiente e relacionamento no trabalho.

Mas o que faz exatamente um coaching? O profissional que optar por estes Cursos de Formação terá todos os requisitos para ser um especialista do comportamento humano. A finalidade do seu trabalho é aumentar a autoconfiança dos seus clientes, assim como desenvolver e potencializar competências como liderança, iniciativa e comunicação.

Muitas pessoas conhecidas no mundo da política, esporte ou cinema optam por contratar estes profissionais. Barack Obama e Bill Clinton são exemplos claros de personalidades que utilizam coaching. “Esta técnica pode ser aplicar a quase qualquer âmbito da vida: encontrar namorado, emagrecer, deixar de fumar, mudar de trabalho. E no Brasil esta profissão começa a ganhar mais espaço”, revela Carmen Martins, que trabalha como life coaching há 5 anos. Mas quando se deve procurar a ajuda destes profissionais? No setor profissional são geralmente pessoas que buscam desafios na carreira, como mudar de emprego, ingressar no mercado de trabalho ou se destacar na empresa.

Já na vida pessoal e social são pessoas que buscam um relacionamento bem sucedido, melhorar a relação com a família, ter mais segurança emocional. “Se você acredita e aplica, funciona.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Eu consegui a seguridade de buscar um novo emprego e aumentar minha autoconfiança”, comenta Inês Pereira, administradora de empresas que freqüentou sessões de coaching por 6 meses. A life coaching Carmen Martins acrescenta que a pessoa para buscar a ajuda deste profissional precisa primeiramente ser consciente de quem é, o que te falta, quais são seus valores e o que te fará feliz. A partir de então um plano de trabalho é traçado. As sessões com um coaching variam de 7 à 12 meses e a taxa média cobrada, nos Estados Unidos, por hora, é de 500 dólares (este valor pode variar de 200 a 3.500 dólares). Tipos de coaching Se está interessado nesta nova oportunidade de carreira, saiba que a profissão está dividida em alguns setores. Veja os mais requisitados e qual se encaixa melhor ao seu perfil. Coaching executivo: o profissional nesta área tem o papel de ajudar a diretores e funcionários a desenvolver suas habilidades profissionais ou a melhorar as que já tenham. Uma pessoa bem prepara é capaz de liderar equipes e conseguir enfrentar qualquer tipo de crise. Single Coaching: serve para ajudar aqueles que buscam um parceiro e não sabem como ou onde achar-lo ou melhorar a relação daqueles que já tem um namorado (a) ou esposo (a). Coaching esportivo: conseguir o êxito profissional de um esportista de qualquer modalidade. Life coaching: ideal para qualquer pessoa que deseja mudar profundamente a sua vida, ou seja, romper com a rotina com a qual se instalou. Coaching empresarial: se realiza em grupo e serve para que os envolvidos trabalhem melhor em conjunto e de forma mais eficaz.


Publicado por: Tatiana Segala

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.