Topo
pesquisar

Tecnologia e Pensamento

Poemas e Poesias

Tecnologia e Pensamento, O som – muito após o avião, O ar é removido pela tecnologia, Aquele que não veio, A chuva que não cai, O Sol que não vai, A vida que nasce sofrida, Eu sou da terra padecida.

Mirage ! mirage ! mirage !
O som – muito após o avião.
Muita velocidade...
O ar é removido pela tecnologia!
O agricultor à sobra do seu chapéu
pensando qual Descartes
na elaboração do ‘Método’:
cinco, seis, sete e ou mais filhos.
Aquele que não veio.
A chuva que não cai.
O Sol que não vai.
A formiga que não morre.
O tempo que não muda.
Os anos que passam.
A morte que vem.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A vida que nasce sofrida.
Eu sou da terra padecida.
Sou valente e bravo.
Sou da terra o escravo
e da família o pão.
Dos filhos que vieram:
-sou a sorte,
-dos que não vieram, também.
Sou amplo,
profundo
e mudo
no mundo
que nunca mudei...
Sou da terra a seiva ressequida,
do fruto o suor evaporado,
da vida resta-me a família,
por transcendental:
o céu imaginado!


Publicado por: Luiz Romeu Oliboni

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola