Topo
pesquisar

Minha Natureza

Poemas e Poesias

Clique aqui e confira o poema Minha Natureza de Robert Lima.

Coisas normais não me atraem, sou dono do meu próprio caminho,

Não obedeço regras, a natureza é meu destino;

Abre espaço estou chegando, jogue pétalas vermelhas, que agora

vou dançar;

Cante pra mim aquela canção e me faz apaixonar;

Deus é minha espada, meu escudo sua flor, me chame pra dançar,

Falando coisas de amor;

Não olhe nos meus olhos, se não quiser arriscar, meu feitiço de amor,

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sura até o sol raiar, to pra ver amarras fortes que vão me segurar;

Me perdoe ta na hora, já não posso mais ficar, vou sair de encontro ao vento,

Sem tempo pra voltar;

Deixo aroma das rosas, pra nunca esquecer, quando quiser me ver de novo,

Jogue meu nome ao vento, que irei te scutar.


Publicado por: Robert Lima

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola