Topo
pesquisar

Lembranças

Poemas e Poesias

Que tal conferir um poema sobre as lembranças? Clique aqui!

E de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago na minha memória
É a minha história
Isso me faz bem

E de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em meus braços
São marcas e traços
Da minha infância

E  de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em pés
Dos lugares que passei
Das caminhadas que enfrentei

E  de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em peito
Dos romances  frustrados
E que foram desfeitos

E  de repente me vem uma lembrança

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em  minhas  mãos
Das marcas de óleo quente
E do  vapor  do  fogão

E de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em meus olhos
Daquilo que vi
Mas não quis enxergar

E  de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Quantas lembranças trago em minha alma
Dos momentos de aflição
E das alegrias sentidas no coração

E  de repente me vem uma lembrança
E que lembrança,
Quantas lembranças...

Lembrei- me nesse instante
De que  as lembranças que tive
São diferentes das de agora


Publicado por: Fabíola Cardozo

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola