Topo
pesquisar

Fragmentos

Poemas e Poesias

Fragmentos, olhar as estrelas, imaginar um futuro, querer o impossível, sentindo na pele o frio da solidão.

Olhar as estrelas...

Imaginar um futuro sem tudo o que há de bom...

Sentir falta do que na verdade, nunca se teve...

Querer o impossível... Sorrir para o absurdo.

As lembranças nunca se vão totalmente...

Cada momento único traz lúcidas lembranças

e uma infinita saudade... Que é constante...

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Perturba, atormenta a aflige a alma carente...

Por um tempo, tudo é singelo... E escuro...

Mas o sol vem pela manhã...

Até ele chegar... Estou aqui, ao vento, á chuva...

Sentindo na pele o frio da solidão...

E a paz, de um silêncio que atormenta.


Publicado por: Ynára Thainá Silva de Souza

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola