Topo
pesquisar

Desconchavo do autor

Poemas e Poesias

Poesia: Desconchavo do autor

Eu vou fazer um texto sem muitas criticas,

Xingamentos nem palavrões.

Vai ser bem simples, sem parágrafos,

muito menos travações.

Não vai haver tema especifico,

teorias ou especulações.

Vai ser tudo e nada na mesma hora

Sem diálogos, prosa e complicações.

Não vai ser cansativo pros olhos de quem lê,

muito menos complicado de entender.

Desobrigado, livre, vai ser como eu bem querer.

Nada de eufemismo, paradoxo... lítotes.

Sem gênero lírico, sete artes e oposições.

O drama e comédia nem deveriam ser citados,

Já que vai ser um pouco trágico.

Também não vai haver lamentações.

De fato, Sófocles e Eurípedes certamente iriam gostar.

Mas os caras nem vão poder comentar.

Esse eu nem vou demorar pra escrever,

vai ser pequeno, e com limitações de rimas.

Nada de poético, épico, Ibsen.

O texto vai acabar e ponto final,

 antes que alguém venha me reclamar a ideia principal.


Publicado por: Nathalia Clécia Virginia de Lemos

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola