Topo
pesquisar

À Pátria!

Poemas e Poesias

À pátria!, Tambores, amores, valores, cores, Faxinal do Soturno, Pátria descortina, Semana da Pátria, Sete de Setembro , A esperança é de vida, sol, cor e amor, Tecnologia, esperança que se renova no dia - a - dia, A Pátria é você, no seio de onde veio.

- Pátria, a você, nesta data, estes versos:
- Tambores, amores, valores, cores!
- Juventude, desfila, anseia, passeia!
- Garbo, estético, poético, atlético!
- Palavras, amáveis, afáveis, ouvimos!

Pátria, dia dois de setembro, 1978, pela manhã, Faxinal do Soturno,
sábado, sem sol, de neblina, 156 anos de história a Pátria descortina,
ao longo do tempo que passou até hoje, de geração em geração,
até nós, peregrina...Sincretismo e unidade, cada vez mais renovados...

Semana da Pátria, a primeira de setembro!
Neste hemisfério à iminência da primavera,
desponta, dos verdes ramos: folhas e flores...
Juventude: garbo, movimento, cor e amores!

Pátria de novo, nós, nos renovamos:
Sete de Setembro / Sete de Setembro!...
A esperança é de vida, sol, cor e amor...

Do passado ao futuro é um presente a descobrir, que se faz grandioso...
Riquezas potenciais: Hidrografia – átomo – ferro, (...), capital e Trabalho...

Tecnologia, esperança que se renova no dia - a - dia,
independência, também, assegurada, ela se faz e soberana...
A eloqüência para mundo, que seja ouvida dos filhos,
as vozes que dirão sempre a palavra, ainda. Pátria!

A Pátria está em você e você nela:
-Homem de negócios,
-homem de divórcio,
-homem da terra,
-homem do ar,
-homem do mar,
-homem sem sobrenome,
-homem que morreu valente e bravo,
-homem que não conheceu um ser escravo...

A Pátria é isto tudo e mais!...

A Pátria é você, no seio de onde veio:
caminho que o levou ao banco que o amadureceu...

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A Pátria é você, ainda...
No seu futuro consultório – o dever!
No seu futuro laboratório – a análise!
Na sua futura tribuna – pelo povo e para o povo!
No seu futuro lazer – pela sua recuperação!
Na sua futura pesquisa – pelo fato pesquisado!
Na sua passada, presente e futura religião:
ao seu Deus assassinado!

A Pátria!
É o sentimento que nos nasceu, da terra em que nascemos!
A Pátria!
É o perfil desse povo brasileiro, cordial e hospitaleiro, que luta por dias melhores!
A Pátria!
É a liberdade que desfrutamos em liberdade!
A Pátria!
É o sincretismo das raças que amanhou a terra brasileira!
A Pátria!
É o impacto de quem nasce e o choque de quem morre!
A Pátria!
É você que estuda, trabalha e ainda estuda!
A Pátria!
É a somatória das mãos calejadas dos brasileiros!
A Pátria!
É o ronco da máquina e o cheiro da terra agricultada!
A Pátria!
É o vai e vem, de todos os dias, de cada um!
A Pátria!
É cada um por todos e todos por uma pátria!
A Pátria!
É a configuração geográfica de seu povo em nosso país!
A Pátria!
É a bacia fluvial que sacia a sede, mas também a seca que acontece!
A Pátria!
É o sacrifício do professor pela missão de educar!
A Pátria por fim,
a Pátria!
É o princípio, meio e fim, de cada um de nós,
no tempo, no espaço e no transcendental – uma breca infinita!


Publicado por: Luiz Romeu Oliboni

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola