Whatsapp

Violência

Geografia

Violência, o que é violência, definição de violência na jurisdição, fatores que contribuem para a violência, a violência no Brasil, violências mais praticadas no Brasil, tráfico, assassinato, sequestro, roubo, as facções criminosas, as favelas, as milíci

A violência é um tipo de comportamento que provoca danos a outras pessoas por meio de forças verbais, físicas ou com a utilização de armamentos (incluindo qualquer artigo cortante que fere o corpo). Na jurisdição, a violência é vista como prática contra outra pessoa, ou seja, “constrangimento moral ou físico praticado por uma pessoa contra outra a fim de que seja feita a vontade daquele que usa a violência.”

O uso do álcool e de entorpecentes contribui para esse “mal do século”. No século XVIII as pessoas que cometiam crimes em estado de embriaguez eram consideradas inocentes ou pegavam penas leves, uma vez que nessas condições era considerado que a pessoa estava fora de si. Os crimes em sua grande maioria quando provocados pelo agressor bêbado era consumado com a utilização de armas de fogo, facas, porretes e outros. Ainda no século XVIII, foi proibida a utilização de armas pelos escravos, mas se restringia apenas para armas de fogo. No século XIX houve um grande movimento para desarmar a população iniciado por confisco de armas, criminalização dos duelos, controle de produção e distribuição das armas.

No Brasil é considerado crime pelo Código Criminal a utilização de qualquer tipo de arma que cause ofensa à população, desde 1831. A violência urbana além de ser caracterizada por diversas formas de crimes também é caracterizada por violações dos direitos civis, pixações, vandalismo, destruição de patrimônios públicos e privados e tantos outros que não foram citados. Dentre todas as formas violentas vividas nos dias de hoje podemos destacar:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tráfico: Comércio ilegal de produtos sem autorização e de seres vivos que são retirados do seu habitat natural. O tráfico de pessoas também é considerado crime quando essas são enganadas ou coagidas pelo traficante de se dirigir a outras localidades.

Assassinato: Ato de retirar a vida de alguém intencionalmente. Normalmente ocorre como pagamento de dívidas, acerto de contas e vingança.

Seqüestro: Ato de privar uma pessoa de sua liberdade em troca de algo interessante aos olhos do privador. Também é o ato de apreender bens que sobre eles pesam contendas.

Roubo: Ato de pegar objetos móveis de propriedade de terceiros por meio de ameaças e violência.

Normalmente, as facções criminosas (organizações que praticam atos criminosos) se estruturam em favelas que se originaram da grande migração nas cidades por pessoas rurais, tais facções estabelecem normas dentro da comunidade. De acordo com os códigos internos da favela que é diferente de uma das outras, é proibido cometer crimes nos limites da favela, é proibida a entrada de traficantes aliados a outras facções bem como a venda de drogas dentro das limitações da favela que se originam de outras facções.

As denominadas milícias, que são grupos de extermínio originados por parcerias entre traficantes e policiais corruptos, passam também a controlar a política e a economia das favelas. As milícias têm como objetivo defender a segurança nacional e a segurança interna.


Publicado por: Gabriela Cabral da Silva Dantas

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.