Whatsapp

Os passos para se chegar a um curso de mestrado

Educação

Breve análise sobre os passos realizados para se chegar a um curso de mestrado.

O que é um mestrado?

O mestrado é um grau acadêmico com ênfase na formação de pesquisadores e professores universitários. Também conhecido como mestrado acadêmico, seu objetivo é primordialmente científico. No Brasil, dentro dos cursos stricto sensu, o mestrado é o primeiro degrau de especialização.

Para que serve um mestrado?

O mestrado é um curso voltado para o aprimoramento profissional e pode ser usado para diversos objetivos. O mestrado é um tipo de pós-graduação e, como qualquer outra, oferece mais conhecimento da área explorada e do mercado de trabalho.

Quais os requisitos para se fazer um mestrado?

  • ter concluído o ensino superior;
  • ser fluente em alguma língua estrangeira (há necessidade de prova de proficiência);
  • obter um tema definido para o projeto de pesquisa que fará durante o curso.

O que é avaliado antes de entrar no mestrado?

  • no processo de seleção é analisado o seu currículo e seu histórico escolar, ter boas notas, participação em pesquisas e estágios;
  • você também precisará fazer provas de conhecimentos gerais e específicos, bem como teste de proficiência em um idioma estrangeiro;
  • uma entrevista será realizada seguida da apresentação do seu projeto de pesquisa.

Algumas informações que você precisa saber sobre um curso de mestrado

  • fazer um programa de iniciação científica já na graduação. Este é um ponto que é levado em consideração na hora da seleção das vagas para a modalidade.
  • Normalmente, esse tipo de curso costuma durar, em média, dois anos e conta com um professor que será o orientador da pesquisa apresentada ao final.
  • Você precisará ter comparecido a uma quantidade mínima de aulas e apresentar sua pesquisa para uma banca examinadora.
  • De certa forma, o mestrado também pode ser uma preparação para quem deseja ter o título de doutor, ou seja, realizar um doutorado. Afinal, um dos pontos principais para ser doutor é ter concluído o mestrado.

O que fazer para passar em um mestrado?

  • preocupe-se com o Currículo Lattes
  • seja proativo
  • tenha o edital como um guia
  • conheça bem o programa
  • obtenha o máximo de informações sobre o curso
  • desenvolva um pré-projeto
  • converse com um possível orientador
  • estude para a prova escrita
  • domínio de outra língua
  • prepare-se para a entrevista
  • não desista

Posso fazer mestrado sem ter feito especialização?

Sim. Qualquer pessoa que tenha terminado uma graduação e queira se dedicar ao ensino ou à pesquisa pode se candidatar a um curso de mestrado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Posso fazer mestrado em qualquer área?

Sim, é possível ingressar em uma formação stricto sensu em uma área que não é mesma da sua graduação. Realizar mestrado ou doutorado em uma área diferente, além de ser uma oportunidade de adquirir conhecimentos completares, também pode ser um diferencial para a carreira.

Quanto custa em média um mestrado em uma instituição de ensino superior privada?

Os cursos de mestrado vão de R$ 33.937 a R$ 54.574 e duram dois anos. As mensalidades ultrapassam R$ 1.000 em todas as instituições consultadas e chegam a até R$ 2.274.

Vale a pena fazer um mestrado?

Os benefícios que um diploma de mestrado pode trazer mostram que vale sim a pena encarar mais um ou dois anos de estudos. E o mestrado não é só para quem quer seguir carreira acadêmica, como muita gente ainda pensa. Fazer mestrado é uma qualificação a mais para encarar o competitivo mercado de trabalho.

Referências bibliográficas

ALVES MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1998.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

COLLADO, Carlos Fernandez; LUCIO, Maria Del Pilar Baptista; SAMPIERI, Roberto Hernandez. Metodologia de pesquisa. Porto Alegre: Penso - Artmed, 2013.

COULON, Alan. Etnometodologia. Trad. de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 1995.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4 ed. São Paulo: Atlas, 1994. 207 p.

RODRIGUES, André Figueiredo. Como elaborar referência bibliográfica. 7. ed. São Paulo: Humanitas, 2008.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 22ª ed. São Paulo: Cortez, 2001.


Publicado por: Benigno Núñez Novo

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.