Topo
pesquisar

O que falta para alcançarmos o tão sonhado salto de qualidade na educação

Educação

Clique e saiba o que falta para que a qualidade na educação seja atingida!

Quando ouvimos falar que, hoje, a maior necessidade do Brasil e alcançar um salto na qualidade da educação da Rede Pública, lembramos de tantas deficiências que precisam ser sanadas, que, por mais que tentemos definir prioridades para resolução, sempre estaremos em dívida, tanto com os alunos, quanto com os professores, por serem os atores principais de toda essa problemática e, porque, o principal erro cometido pelos governantes, gestão após gestão, é, exatamente, a dicotomização dos aspectos que compõem o venômeno chamado "ESCOLA".

Se observarmos a história recente da educação pública brasileira, constatamos que a dicotomia têm sido uma das principais causas da falta de qualidade na nossa educação, começando pelas questões governamentais, quando uns priorizam o problema da falta de infraestrutura das escolas, outros tentam resolver a questão dos baixos salários dos profissionais da educação, alguns se lembram da deficiência na formação dos professores e implementão algumas medidas, quase sempre de caráter paliativo, tantos outros focam os aspectos pedagógicos, surgindo em alguns momentos projetos educacionais com propostas quase que mágicas; mas, por fim, todos esses esforços se diluem na descontinuidade administrativa e, principalmente, por tentarem alcançar a qualidade na educação com uma abordagem dicotomizada, ou seja, compartimentando e tratando de forma isolada cada componente da estrutura que se chama "ESCOLA".

Portanto, concluÍmos que, os conceitos norteadores para uma ampla e duradoura resolução da problemática educacional brasileira, giram em torno dos princípios da contextualização e da interdependência, inerentes aos aspectos que compõem o fenômeno chamado "ESCOLA"; além de ser necessário a elaboração de um projeto de Estado e não de governo, que defina metas a curto, médio e longo prazo; tratando o problema da educação de forma integral, ou seja, corrigindo todas as deficiências de uma só vez, pois todas estão intrinsecamente ligadas; e, assim, só assim, alcançaremos o tão sonhado salto de qualiade na educação pública do Brasil.


Publicado por: JAIME DAMASIO NOGUEIRA

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola