Topo
pesquisar

Escola prá que te quero ...

Educação

Como surgiu as instituições de ensino, história da escola, o que a escola se tornou,...

A escola hoje é considerada um dos espaços mais importantes na formação do indivíduo. Mas, nem sempre foi assim.

A palavra escola provém do grego scholé,significando tempo livre, lazer. No período helênico esse termo era usado para denominar o local do não-trabalho, do ócio, já que desvalorizavam qualquer tipo de trabalho(manual ou de formação profissional).

Na Idade Média, era nos mosteiros onde ocorria o ensino para a formação de religiosos. Com o desenvolvimento do comércio, surgiu a necessidade de saber ler, escrever, contar. A burguesia acabou apoiando um outro tipo de escola voltada para o ensino de coisas práticas.

Os jesuítas fundaram as primeiras escolas aqui no Brasil, quando chegaram em 1549, mas era voltado para a catequese dos índios e para a formação dos novos sacerdotes.

A educação pública e estatal iniciou-se primeiro na Alemanha e na França, porém sem nenhum interesse em atender aos filhos dos trabalhadores. No séc. XIX, a educação pública chegou aos Estados Unidos e no Brasil apenas no fim do séc. XIX com o início do processo de industrialização no país. Isso porque a indústria necessitava de trabalhadores com o mínimo de instrução, como ler, escrever e bom nos cálculos, para dar suporte às indústrias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Atualmente, já não basta saber ler e escrever, o capital quer pessoas conhecedoras de todo o processo de produção, principalmente do uso de ferramentas tecnológicas como o computador.

A escola é uma organização social, portanto é formada por homens e para os homens. Em sua forma atual, controlada pelo Estado, se tornu um ambiente de divulgação política, cultural e ideológica e não mais um espaço de divulgação do conhecimento. É um espaço que deixou de ter como finalidade a formação do caráter do cidadão para ser um lugar de repressão, onde o futuro cidadão é treinado a ser só mais um que vai se acomodar perante aos desvios da sociedade.

A luta dos grandes educadores é que a escola seja um espaço neutro, sem massificação de ideologias, onde prevaleça a produção do conhecimento puro, livre de qualquer influência. Busca-se equalizar um ensino de qualidade, com profissionais engajados. O difícil é lutar contra a corrente do sistema que a mantém ligada ao ensino tradicional e cheio de materiais obsoletos onde o aluno não se reconhece, não vê qualquer semelhança com a sua realidade, o que facilita a grande evasão escolar no país.

Muitos consideram uma utopia sonhar com uma boa escola, se ela está cheia de ideologia e se transformou em um sistema defasado e mal-administrado. Será que ainda tem jeito?

Antônia de Jesus Sales
Professora de inglês e tradutora

www.trueenglish.wordpress.com


Publicado por: Antonia de Jesus Sales

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola