Whatsapp

Cuerdas e a Alteridade

Educação

Breve resenha crítica do curta-metragem Cuerdas.

Este texto tem como objetivo fazer uma resenha crítica do curta-metragem Cuerdas. Este filme é o segundo em que Pedro Solís García atua como roteirista e diretor. Sua película trata de uma temática inclusiva, sendo ganhadora do Prêmio Goya 2014 - condecoração mais importante do cinema espanhol.

O filme é ambientado em um orfanato e começa com a chegada de um menino cadeirante em uma das salas de aula. A reação da maioria dos seus colegas é a de afastamento e indiferença em relação ao garoto. Diferentemente dos demais, a personagem Maria aproxima-se do pequeno e procura desenvolver, de maneira diferenciada, as mesmas atividades que as demais crianças faziam. As memórias da personagem dão estímulos para a futura professora, que passa a exercer as suas atividades no centro de educação especial, localizado no antigo orfanato.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ao assistir a esse vídeo, trouxe-me à lembrança, diversas questões relativas a minha trajetória pessoal e profissional, entretanto, escolhi deter-me em uma questão primordial no exercício da profissão de educador - a noção de alteridade. Este conceito implica em enxergar, compreender e atender as particularidades de cada um dos estudantes. É um grande desafio, tendo em vista a realidade das escolas do país, com incipientes políticas públicas. Ainda assim, deve ser o compromisso fundamental de todo bom educador.

REFERÊNCIA:

CUERDAS. Direção: Pedro Solís García. Youtube.17 fev. 2014. 10min52s. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=4INwx_tmTKw. Acesso em: 24 maio 2021.

Andiara Soares Valer - Aluna do 4º semestre do curso de Licenciatura Plena em História- UNIFAC/SC.


Publicado por: Andiara Soares Valer

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola