Whatsapp

A Cor dos Impostos

Brasil

O Brasil está entre os países que mais arrecadam impostos no mundo

O Brasil está entre os países que mais arrecadam impostos no mundo. Em 2010, o governo federal arrecadou quase R$ 1,3 trilhão em impostos. Cálculos recentes mostram que trabalhamos cinco mêses para pagar impostos e os tributos não param de crescer. Não há problemas em pagarmos impostos ao governo com o intuito de contribuir com as dispesas públicas, mas o problema está em como são gastas e investidas essas arrecadações. Na Europa são cobradas as mais altas taxas de impostos, a diferença é que são bem aplicados trazendo por consequencia os melhores índices de desenvolvimento humano (IDH) do mundo, garantindo uma boa distribuição de renda, acesso a saúde, a educação, a segurança, ao saneamento básico, entre outros serviços públicos básicos. Ou seja, o governo arrecada muito, mas não nos retorna da maneira que deveria: Investindo em servoços públicos de qualidade. No Brasil a maior parte do imposto é gasta em despesas, o restante, cerca de 21% é gasto entre outros deveres. Entre eles 25% é gasto em pagamentos pessoais, 67% para o custeio da máquina pública e míseros 8% para investimentos em infraestrutura e molhoria dos serviços públicos. Diante dessa situação é impossível não demostrar preocupação com o futuro do país e resgatando que os mais afetados por isso, somos nós cidadões brasileiros. Pela má eficácia da aplicação desses impostos, acabamos recorrendo a serviços privados e pagando em dobro o que nos deveria ser ofertado “gratuitamente”. Quantas vezes recorremos a consultas médicas particulares por não confiarmos no sistema de saúde pública ou pagamos escolas particulares pela educação pública ser ineficiente? E os exemplos vão muito além. Talvez estejam apontadas aí as raízes para grande parte dos problemas sociais e econômicos nacionais, e são claras as medidas a serem tomadas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Publicado por: Rodrigo Fernando Klosowski

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.