Whatsapp

Um jornalista incansável contra a discriminação

Biografia

A história de Abdias Nascimento, uma pessoa engajada na defesa da cultura mestiça brasileira.

No século 16, ao trazer africanos para o Brasil, o objetivo dos portugueses era suprir o problema da mão-de-obra. Foram escravos cerca de quatro séculos. Libertos pela Lei Áurea (13/5/1888) não foram indenizados. Estigmatizados pela cor, pelas práticas culturais e religiosas, os afrodescendentes engrossam a fila do analfabetismo e pobreza.   

O tempo passou... pouco antes do início da Primeira Guerra Mundial, em 1914, nasceu em Franca (SP), Abdias Nascimento. Economista de formação, afrodescendente foi jornalista, escritor, parlamentar, artista plástico e ator. Fundou o Teatro Experimental Negro. Nos EUA, foi professor na Universidade de Nova Iorque. É autor da obra "O Negro Revoltado", entre outras. Lutou em defesa do negro, não teve vida fácil e enfrentou o tratamento preconceituoso desde cedo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O extraordinário legado de Abdias Nascimento pertence ao povo brasileiro, que é mestiço e afrodescendente. Foi intelectual brilhante engajado na defesa da cultura mestiça brasileira, cuja matriz remete à Mãe África. É inegável sua contribuição cultural a este País.  Morto aos 97 anos, Abdias foi um bravo na luta pela igualdade racial e direitos humanos dos negros. (Ricardo Santos é prof. de História)


Publicado por: RICARDO SANTOS

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.