Topo
pesquisar

Movimento passe livre: momento histórico

Atualidades

Clique e veja por que o Movimento Passe Livre é um momento Histórico.

Estamos acompanhando pelos noticiários uma grande mobilização popular contra o aumento das passagens de ônibus na cidade de São Paulo. Essa manifestação ganhou repercussão mundial com os episódios de agressões e vandalismo e vem conquistando apoio em outros estados e cidades de todo o país.

Após a verdadeira guerra na avenida paulista, o movimento “Passe Livre” veio, corajosamente, na mídia e mostrou, a todos,que o manifesto é pacífico e tomou uma quantidade surpreendente de apoiadores. Sendo assim, a Secretaria de Segurança Pública do estado proibiu a repressão com balas de borracha e não mais foi impedido o trânsito dos manifestantes. A partir disso, estamos assistimos uma linda manifestação de luta pelos direitos; a imprensa, por sua vez,  mudou o tom das reportagens e levou suas câmeras aos prédios, e, assim,constatamos o apoio da população paulista ao movimento, mesmo em seus apartamentos.

Alguns artigos insistiram em dizer que toda essa manifestação é pelos míseros vinte centavos, mas o que ficou evidente foi a revolta pela situação e descaso com que os usuários do transporte público de São Paulo são transportados, a demora em se tomar um ônibus, a superlotação e o estress, mesmo antes de chegar ao trabalho. Se pensarmos o valor político, isso pode ser uma ameaça aos desmandos dos políticos, onde as classes baixa e média têm apenas a opção de aceitar passivamente o que os “donos do poder” impõe.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que estamos assistindo me faz recordar do movimento “fora Collor”, assim como das aulas de história, em que estudava as lutas por direitos políticos, contra a violência e prisões da década de 70. Nessa, o resultado foi o retorno da democracia, o que nos beneficia até hoje, e na outra a queda de um presidente. Onde chegaremos com essa?

O que é certo é que está mostrando a força da população que se une. Essa manifestação das bases, com certeza, dá um “chacoalhão”  nas estruturas.


Publicado por: Alex Augusto Sant'anna

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola