Topo
pesquisar

Maior Segurança ou Indústria de Multas?

Atualidades

Confira uma reflexão sobre a resolução do CONTRAN referente a troca dos antigos extintores automotivos pelo moderno ABC.

É esse o questionamento que nós cidadãos motoristas no Brasil hoje Ficamos a indagar, mesmo que já faça parte de uma resolução do CONTRAN a mais de cinco anos, a troca dos antigos extintores automotivos pelo moderno ABC, aliada a ausência de divulgação nos últimos meses, deixou todos os motoristas do País indignados e pressionados a fazer uma procura desenfreada a postos de combustíveis, e lojas de peças automotivas na busca por esse equipamento, o que naturalmente levou a escassez do produto em poucas horas no último dia do ano, ou seja, 31 de dezembro de 2014. Reportagens exibidas nas tevês a nível nacional no último dia 02/01/2015, confirmaram o óbvio a falta dos extintores automotivos nas lojas autorizadas e nos postos de combustíveis.

 A falta de divulgação diante da população sobre esse assunto, como se faz em outras campanhas como as eleitorais, por exemplo, que tanto se divulgou nas emissoras de rádio e televisão, sobre a importância do voto por vários meses antes das eleições, deixou a população muito indignada. Já que as ameaças por parte das autoridades policiais de trânsito, de multar aqueles condutores que não possuírem em seus veículos os extintores recomendados, fez com que todos ficassem de pés e mãos atados, na eminência de serem multados, pois a qualquer momento aqueles que não tiverem o extintor recomendado em seus veículos com prazo de validade atualizado, serão penalizados com cinco pontos na habilitação e R$ 150,00 de multa. Infelizmente até o momento nenhuma instituição defensora dos consumidores fez qualquer pronunciamento sobre o assunto, no sentido de orientar os motoristas, já que o comercio não disponibiliza o produto, proporcionando assim a possível penalização do consumidor. A quem interessa esse tipo de situação? Quem vai lucrar com tudo isso? Diante de uma procura tão grande, quando reaparecer no mercado o preço será o mesmo praticado anteriormente? Com a palavra as autoridades responsáveis que receberam o nosso voto e o nosso aval para nos defender diante desse tipo de situação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os nossos representantes precisam saber que a necessidade da divulgação perante a sociedade de assuntos de tão grande importância como esse, deve ter a mesma importância que foi dada a necessidade de votar nas últimas eleições, que foi de forma exaustiva divulgado em todos os meios possíveis e inimagináveis de comunicação. A população deve se manifestar legalmente contra tudo isso, vamos buscar legalmente o ressarcimento de todo prejuízo que venhamos a ter com a falta desse produto no mercado, nem que tenhamos de mover processos por perdas e danos junto aos postos de combustíveis e lojas responsáveis pela venda do produto; Caso sejamos multados pela falta desse equipamento.  


Publicado por: JORGE LUCENA

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola