Whatsapp

A VIDA É UM DOM DE DEUS

Atualidades

Reflexões sobre a vida, os seres vivos e a natureza

A vida é um presente de Deus. É Ele quem dá sentido para os seres humanos, os animais e as plantas, todos seres vivos. Em tudo que se olha, existe um pouco de Deus. Na beleza da flora, no encanto dos animaizinhos e dos grandes animais que a natureza presenteou, nas alegrias da pessoa humana, está presente Deus. Estar vivo é estar presente no amor de um Deus que é todo poderoso. É um Deus que transcende pedras, papéis, coisas. Deus é espírito. Deus é luz. Deus é alma. Deus é um ser de encantos. Sem Deus, nada existe. Ele, de fato, e de direito, dá sentido ao existir desta realidade temporal. Mesmo os seres vivos sem saber, sem a inteligência, toda a natureza sente a presença de Deus no meio. A pessoa humana sente Deus no sorriso de um pequenino outro ser humano, nas boas ações, nos bons sentimentos, em tudo que traz vida está Deus. Não existem limites para desenhar e pintar o quadro de Deus. Nos trabalhos realizados por um grupo de formigas e outro grupo de abelhas, na luta diária por sobrevivência no meio ambiente, está a mão poderosa de Deus. Ele está em todos os cantos da existência. Ele transcende o olhar da carne, o entendimento das mentes e os gostos dos paladares. Sentir Deus nesta vida, é viver bem.

Fauna, flora e águas, são fontes de Vida do Meio Ambiente
Fauna, flora e águas, são fontes de Vida do Meio Ambiente

É difícil entender como tantos seres humanos cultuam as misérias das mortes. Viver é um bem precioso que merece ser acolhido com todo zelo. Não matar, não cometer suicídio, deveriam ser duas regras básicas de convivências em sociedade. Entretanto, o que se sente é que a vida está sendo assassinada pela ignorância humana que não respeita o que ela representa para todo um meio ambiente. É necessário que toda a natureza agradeça ao bom Deus por fazer parte deste grande espaço de convivências que é esta realidade temporal. É certo que os seres vivos sem inteligência agradecem sempre com os seus gestos, atos, atitudes e serviços para com este ouro eterno que é a vida.

Pessoas humanas, sinais da presença da Natureza
Pessoas humanas, sinais da presença da Natureza

Se a vida é um presente para esta realidade temporal, o Planeta Terra precisa agradecer e viver bem. Não pode tão especial presente ser ignorado.  Guerras, fomes, mentiras, e tantas outras misérias humanas, não podem ser aceitas na realidade desta humanidade. Toda forma de morte, que diverge da vida, precisa ser, duramente combatida. Não pode ser acolhida. Preservar todo o meio ambiente, cuidar da saúde humana, e tantos outros atos em defesa da vida precisam, com força, de respostas imediatas. Ser contrário a toda e qualquer forma de mortes, é uma bandeira que esta humanidade, nos quatro cantos do Planeta Terra, precisa carregar. A pessoa humana, único ser com inteligência, precisa ser exemplo para a própria natureza. Tudo o que dá sentido a vida, tudo o que traz vida, tudo o que é bom, tudo o que faz bem a alma, ao espírito, ao coração a mente humana e aos sentimentos do bem, são regras que obrigatoriamente precisam ser cumpridas sem mais ou menos e sem divergências. Algo precisa unir toda esta vida temporal. Para os que vivem pela fé, Deus é vida. Para os que não acreditam na fé, a vida é uma necessidade e a morte é a conclusão de uma vida.  Enfim, é a vida quem une, ou ao menos deveria unir, todo o Planeta Terra. Quem não defende a vida, com toda a sua plenitude, cultua a morte. A pessoa poderá ver o sentido da vida na crença, na fé, na espiritualidade, na transcendência, na fé, por meio do: Budismo; Cristianismo; Hinduísmo; Espiritismo de Mesa Branca; Espiritismo de Terreiros; Culto a Natureza; Sikhismo; Islamismo; e tantas outras demonstrações do acreditar em um além vida. Entretanto, a vida deve conduzir sempre, este acreditar. O que importa para a pessoa humana é que cada uma vive bem, intensamente, sem se prejudicar ou sem prejudicar o próximo ou o meio ambiente. A vida é um momento único.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
O grande valor da Natureza unida e viva
O grande valor da Natureza unida e viva

Autor:  Pedro Paulo Sampaio de Farias

Professor; Pedagogo; Especialista em Educação; Especialista em Gestão Pública; Mestrando em Educação; Pós-graduando em Teologia; Pós-graduando em Antropologia; Graduando em Direito; Líder Comunitário; Líder de Associação de Professores; Sindicalizado da Educação; Servidor Público Estadual e Municipal; Atuante em Movimentos Populares e Movimentos Sociais; Cristão Romano.


Publicado por: PEDRO PAULO SAMPAIO DE FARIAS

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola