Topo
pesquisar

A Impunidade Favorece a Violência Contra a Mulher

Atualidades

Uma reflexão sobre a impunidade favorecendo a violência contra a mulher.

O homem herdou de Deus, um mundo maravilhoso e cheio de belezas naturais, além de uma capacidade imensurável de controlar os outros seres irracionais que aqui residem neste planeta. Mas esse mesmo homem apesar de todas essas dádivas herdadas de Deus necessitava de mais uma, essa considerada até hoje como sendo o melhor e maior presente de Deus ao homem, pois sem ela o homem hoje não teria conhecido, nem jamais aprenderia o verdadeiro sentido do amor,  foi a partir dai que o amor, palavra simples, mas de um poder extraordinário dentro da realidade humana, surgiu na forma da mulher, que além de mãe e companheira foi agraciada com o maravilhoso poder da reprodução humana. Deus, também na sua infinita bondade, concedeu ao homem algo que chamamos de livre arbítrio, atribuindo ao homem o poder da escolha de seus atos e atitudes, sejam eles de forma racional ou irracional, sem que seja necessária a sua intervenção, mas infelizmente a natureza humana tem demonstrado ao passar dos séculos inclusive nos dias atuais, um alto índice de crueldade para com o próximo, como se não bastasse às práticas de atitudes de desrespeito e extremas covardias cometidas contra a mulher, atitudes irresponsáveis e discriminatórias além de ciúmes infundados, tornam-se motivos para essas criaturas agredirem de forma covarde suas companheiras, e infelizmente beirando o cúmulo do absurdo, vemos nos jornais agressões de filhos contra as próprias mães, namorados contra namoradas e maridos contra esposas.

No Brasil existe hoje uma lei direcionada para defender a mulher, essa lei se chama “MARIA DA PENHA”, infelizmente ainda não é suficiente para a proteção que as mulheres necessitam, já que a mesma ainda possui penalidades consideradas brandas, é inadmissível uma mulher vitima de uma agressão de seu companheiro, procurar uma delegacia pedindo ajuda por umas duas, ou até mais vezes, e mesmo assim ser assassinada pelo seu agressor, além do sentimento de revolta, chega à maioria das vezes incitar a nossa sociedade a procurar meios até ilegais de fazer justiça. Por conta de uma série de atitudes administrativas que as autoridades têm de tomar, na maioria das vezes essa proteção chega de forma tardia premiando o agressor com a prática do homicídio na maioria das vezes. A certeza da impunidade que as nossas leis falhas concedem a esses criminosos, incentiva-os a praticar as mais terríveis crueldades contra as suas parceiras em plena luz do dia, sem que os mesmos expressem nenhum tipo de receio quanto às penalidades que possam vir a ter que cumprir perante a nossa sociedade.

 Infelizmente essa é a realidade de hoje, a sociedade Brasileira clama aos parlamentares providências no sentido de que sejam revistas situações como essas e outras dentro do nosso glorioso código penal, no intuito de modificar onde necessário, pontos que estejam pouco esclarecidos, e que procurem punir de forma enérgica esses covardes, dando de uma forma mais concreta, a segurança necessária a toda mulher que procure a justiça, solicitando a devida ajuda diante das várias covardias sofridas por elas, é inadmissível que um País de dimensões continentais como o Brasil, continue a permitir que violências como essas continuem, enquanto que a sociedade e o nosso parlamento apenas assistam de camarote essa violência gratuita e covarde. 


Publicado por: JORGE LUCENA

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola