Topo
pesquisar

Direto ao ponto

Administração

Teoria das finanças, gestão baseada no valor, Beta Group em Menlo Park, Califórnia, a manuntenção de um estoque de oportunidades saudáveis,...

A teoria das finanças orienta os executivos a investir apenas em projetos que apresentem valor líquido imediato e retorno compensador. A gestão baseada no valor dá especial importância às previsões de fluxo de caixa consistentes e a credibilidade está associada a investimentos em projetos de baixo risco e em campos conhecidos.

A recente ênfase na diversificação dos negócios e ações, trouxe mais força para o foco corporativo. Mas um processo de investimento que coloca a credibilidade e o baixo risco acima de tudo penaliza os projetos de resultados incertos ou considerados não prioritários, ainda que ofereçam vantagens consideráveis. Os executivos classificam os investimentos de acordo com o retorno e o valor presente líquido, e só os projetos mais promissores são aprovados, isto é considerado prática antiga, pois, a em paisagem pode mudar e as oportunidades no mercado globalizado deixam de ser observadas.

Quando os executivos se deparam com um cenário sem oportunidades atraentes imediatas, com freqüência, partem para o extremo oposto e tentam o caminho de renovação por meio de iniciativas, como investimentos, aquisições ou a aposta novos produtos, medidas que raramente dão certo. Uma abordagem bem melhor consiste em garantir que a empresa tenha um conjunto de novas oportunidades em gestação, à espera de circunstâncias favoráveis para sair do nascedouro. O Marketing do negócio é estar preparado para agir no momento adequado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A Beta Group, incubadora de negócios situada em Menlo Park, na Califórnia, que atua com novas tecnologias, classifica as oportunidades de acordo com três categorias: Idéias sem promessas reais imediatas; Iniciativas prontas para crescer assim que possível; e Idéias promissoras à espera da hora certa.

A manutenção de um estoque de oportunidades saudáveis exige uma liderança ativa e atenta. Mesmo nos períodos de reesruturação e de redução feroz de custos, os executivos mais graduados precisam alimentar os negócios promissores oferecendo proteção política, dando às oportunidades um tratamento de experiência ou preservando-as dos anticorpos corporativos.

Em outras palavras, cabe a esses profissionais fazer o que for necessário para resguardar as sementes durante o inverno, além de saber o tempo de plantar e de colher. Algumas empresas aumentam seus resultados implementando medidas rígidas a fim de garantir condições econômicas e financeiras favoráveis.

Mas essa janela de oportunidades não dura para sempre e os líderes precisam estar dispostos a investir parte dos recursos e da credibilidade, para fazer crescer, por meio de pessoas ou equipe, as oportunidades promissoras, incertas ou não prioritárias.

Amazildo de Medeiros – Analista Organizacional
Análise – Resumo/Resenha
Fonte: HSM Management 61 março-abril 2007


Publicado por: Amazildo de Medeiros

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola