Whatsapp

Aprendendo Matemática na Feira Livre Parte II

Matemática

Clique aqui e conheça um novo projeto criado para que os alunos aprendam matemática.

O projeto aprender matemática na feira livre visa nortear, determinados conteúdos matemáticos, para serem estudados e visualizados na prática diária dos alunos, sejam da zona urbana ou rural de qualquer cidade Brasileira. Tais conteúdos de acordo com a habilidade do professor podem ser adaptados, a situações que os próprios alunos e seus responsáveis, podem se submeter no dia a dia quando os mesmos procuram a feira livre, ou até mesmo quando procuram os supermercados para comprar os seus mantimentos diários, ou até mesmo buscando uma forma de comercialização.

Cada série seja do ensino fundamental ou médio, possuem conteúdos que podem claro com a habilidade do professor e a colaboração dos alunos, serem adaptados através de questões simuladas e ou atividades propostas, para tornar aulas que poderiam ser tediosas, em aulas práticas onde os conteúdos serão vivenciados dentro da realidade dos próprios alunos, no maior laboratório ao ar livre que existe, ou seja, a feira livre. Se nos reportarmos ao 6º ano do ensino Fundamental, podemos antecipadamente mesmo antes da exposição de conteúdos como frações ou porcentagem, mostra-los como responder determinadas questões que facilmente surgem no nosso dia a dia, quando nos encontramos no comercio local ou até mesmo quando estamos na feira. A atitude de chamar a atenção dos mesmos com relação ao uso da calculadora para resolver esses questionamentos, pode fazer surgir em alguns deles, o interesse em saber como e de onde vêm essas teorias e técnicas, que estamos utilizando através da calculadora, para resolver nossos questionamentos. Questionamentos como:

  • Se eu pagar a vista as minhas compras feitas no supermercado, que custaram R$ 245,25 terei um desconto de 5%.Quanto vou pagar se eu decidir pagar a vista?
  • Fui Comprar meio quilograma de frango, que custa na feira R$ 4,59 o quilograma, mas o vendedor por confiar na sua habilidade no corte errou e cortou 650gramas, e eu decidi levar tudo, ou seja, as 650gramas. Quanto devo pagar pelas 650gramas?
  • Tenho direito a 25% do prêmio em dinheiro de um bingo que participei lá na feira, por haver dividido os custos com outros colegas, sabendo que o prêmio é de R$ 425,50. De quanto é o valor em reais que terei direito?  

Além dessas, outras situações diárias podem com certeza serem observadas nas feiras e nos comércios locais. Observe como deveremos orientar os alunos a resolver essas situações com o apoio da calculadora:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na primeira situação fala-se a respeito de um possível desconto, caso as compras sejam pagas a vista. Sabendo- se do valor que é de R$245,25 e do possível desconto que é de 5%. Devemos através de exemplos mostrar que o valor real da compra representa 100% = 245,25, e se o desconto é de 5%, então 100%-5% = 95%, devemos agora calcular então 95% de 245,25. Na Calculadora devemos orienta-los a fazer:

0,95 x 245,25 = 232,9875 = R$232,99 aproximadamente. Que será o valor a pagar com desconto.

A segunda situação refere-se à unidade de massa gramas, já que se sabendo do valor praticado pelo quilograma que é de R$4,59, fica fácil saber quanto pagar se a quantidade for de 500gramas, bastando calcular 4,59: 2 = 2,295 = R$2,30. Mas a coisa começa a se complicar porque eu quero pagar 650gramas e não 500gramas. Na calculadora o procedimento deve ser o seguinte:

650 x 4,59: 1000 = 2,9835 = R$ 2,99 aproximadamente. Que será o valor a pagar pelas 650gramas.

Na terceira situação queremos calcular 25% de 425,50, devemos então orienta-los a proceder da seguinte forma:

25% = 25/100 = 0,25, logo utilizaremos a calculadora da seguinte forma:

0,25 x 425,50 = 106,375 = R$ 106,30 aproximadamente. Será o valor que vou receber.

Além dessas situações outras como 25 equivalem a quantos por cento de 45? Bastando utilizar o seguinte procedimento:

25x 100: 45 = 55,555... = 55,6% aproximadamente.

Fica desta forma a nossa contribuição de forma complementar, ao projeto “Aprender Matemática na Feira Livre”, visando mostrar que de forma voluntária e em especial com o apoio e a expressiva colaboração do aluno, o nosso campo de aprendizagem nesse rico laboratório ao ar livre pode se tornar incentivador, dinâmico e interativo.


Publicado por: JORGE LUCENA

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Meu Artigo. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.