Topo
pesquisar

Percebendo a falta de percepção

Filosofia

educação formal, nova realidade, adequação do profissional, o que descobrimos a partir da percepção...

Desde muito cedo entendemos que a nossa vida é um eterno processo de aprendizagem. Não é um processo direto entre o Homem e o Mundo, precisamos de instrumentos de mediação entre os dois e esta interação acontece através da linguagem, que necessariamente não precisa ser a verbal, pois a linguagem se expressa de várias formas, como por exemplo, a linguagem visual. Todas as formas de linguagem têm como objetivo comum, a comunicação, e atrair a atenção, de quem se quer comunicar, é o maior desafio da linguagem.

A educação formal, esta cada vez mais cedo fazendo parte de nossas vidas, em virtude disto, há uma necessidade do profissional de Educação se adequar a esta nova realidade. Na escola descobrimos novos tipos de percepções quer voluntária ou involuntariamente, pois é na troca de subjetividades e experiências, que compartilhamos com os demais, que agregamos à nossa aprendizagem novos conceitos, que muitas vezes nos são transmitidos de forma distorcida. Também é através da percepção que descobrimos o significado dos sentimentos que nos acompanharão durante a vida escolar e a não escolar, tais como: amizade, lealdade, tolerância, respeito, etc., enfim sentimentos e atitudes que nortearão o nosso caráter durante todo o processo.

No âmbito escolar, a criança obriga-se a adaptar-se pra melhor se relacionar com os outros, passa a construir relações tanto com adultos quanto com as demais, e a deparar-se com diferentes contextos e com novas regras. Estas interações serão influenciadas por suas crenças e valores, que se confrontarão direta ou indiretamente com os mais diferentes valores. É neste processo de ensino - aprendizagem, que o bom relacionamento ou não, indicarão dificuldades singulares, devido à boa ou má percepção. Veja o Conceito de Percepção:

Em psicologia, neurociência e ciências cognitivas, percepção é a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas. Através da percepção um indivíduo organiza e interpreta as suas impressões sensoriais para atribuir significado ao seu meio. Consiste na aquisição, interpretação, seleção e organização das informações obtidas pelos sentidos. (WIKIPÉDIA,2008).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As percepções podem ser as mesmas, mas sofrem variações devido aos mais variados contextos sócio-econômicos. As subjetividades que ajudam a compor a aprendizagem querem seja, no âmbito formal ou informal, contribuem positiva ou negativamente neste processo. As percepções sensoriais, que biologicamente nos são atribuídas, colaboram neste processo, pois qualquer patologia nestes sentidos pode comprometer de maneira significativa a aprendizagem. Muitas vezes as dificuldades de aprendizagem têm sido atribuídas aos mais diferentes fatores de ordem psicológicas ou sensoriais, porém muitas vezes é a falta ou dificuldade de percepção, que tem remetido o educando a tais dificuldades.

O Educador pode e deve interferir através da identificação do problema precocemente, através da observação e das experiências realizadas no ambiente escolar, no intuito de verificar de forma dinâmica, qual o ensino parece mais viável ao contexto de cada classe. A Escola como espaço físico em nada pode contribuir à adaptação do educando, mas a docência que é a parte viva da Escola, esta sim, pode desenvolver técnicas de interação e reintegração dos discentes, na busca da solução destes problemas. Observando estas dificuldades físicas ou relacionais, podemos enfrentá-las com objetivo de minimizar o problema, e se for necessário fazer o encaminhamento a um profissional competente. “É com o comprometimento de todos, pais, professores e sociedade em geral, que poderemos perceber que perceber é imprescindível no aprender, pois a falta de percepção que mais prejudica a Educação é aquela cometida pelo educador.” (ARCENO, 2008).


REFERÊNCIAS.

ARCENO, Edevânio F. Acadêmico de História UNIASSELVI. Turma: HID 0771.2007/2.
Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Percep%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 13/06/2008.


Publicado por: Edevânio Francisconi Arceno

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola