Topo
pesquisar

As Letras: uma proposta de leiturizar

Educação

As letras vêm nos acompanhando desde os tempos mais remotos da História.

As letras vêm nos acompanhando desde os tempos mais remotos da História e nasceram por meio da necessidade de comunicação entre os homens. 

O ato de ler e escrever nos insere num universo encantador o das palavras e por conseqüência textos e seus diversos tipos como poesias, histórias, lendas... E este ato nos leva para além da alfabetização, pois e´o momento de desfrutar destes prazeres. 

Segundo Baoventura apud Ana Teberosky, pretendemos que os alunos terminem a escolariedade obrigatória sendo capazes de ler literal e criticamente textos alheios, de reproduzir, variar e chegar a criar os textos adaptando-os aos propósitos comunicativos. 

De acordo com Ana Teberosky, a escrita alfabética é uma notação de um sistema específico, no qual os elementos as letras, identificam segmentos fonológicos (consoantes e vogais). Mas, além disso, o sistema alfabético de escrita conta também com um conjunto de caracteres e convenções gráficas não alfabéticas, tais como sinais de pontuação, maiúsculas, sublinhado etc. o uso social da escrita tem afetado a linguagem, ainda que qualquer expressão da língua possaser posta por escrito, as circunstâncias de uso nas diferentes comunidades fizeram com que certas expressões da língua se tornassem especialmente reconhecidas como pertencentes ao domínio da escrita. O termo “linguagem escrita” denota esssas formas de discurso. Por outro lado no sentido literal, o fato de as expressões serem orais ou escritas denota apenas a substância na qual essas formas se expressam. Contudo, partindo do ponto de vista do seu reconhecimento social, a denotação vai muito além da substância e inclui certas qualidades que, na realidade, independem da substância e sim das condições de uso. Numa comunidade que usa a escrita para as diversas funções: publicitárias, comerciais, rituais, etc haverá inumeras variedades de linguagens escritas. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Portanto, o tipo de letra a meu ver é uma questão de opção do professor e o conhecimento de diversos tipos de letras bem como, de portadores de textos devem ser oferecidos a crinça para elas entrarem em contato com a diversidade, mas o que realmente interessa é que elas aprendam a leiturizar o mundo escrito com sentido e prazer interligado a sua vida.

Referências Bibliográficas:

Além da Alfabetização: A aprendizagem fonológica, ortográfica, textual e matemática. Ana Teberosky e Liliana Tolchinsky (org) Série Fundamentos. 4 ed. Ática, São Paulo.

Aprendendo a escrever : Perspectivas psicológicas e implicações educacionais. Ana Teberosky. 2 ed. Ática, São Paulo.

Karine de Oliveira Lunardi é Pedagoga, Pós graduanda em Psicopedagogia Clínica e Institucional.


Publicado por: KARINE DE OLIVEIRA LUNARDI

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola