Topo
pesquisar

As funções do tutor on-line

Educação

As funções do tutor on-line, “Tutoria em Educação a Distância”, “O papel do professor em contextos de ensino on-line: problemas e virtualidades”, Tecnologias de Informação e Comunicação, o papel da mediação do tutor.

As autoras Jaeger e Accorssi, em seu artigo “Tutoria em Educação a Distância”, apresentam a tutoria como um recurso humano que deve ser repensado. Inicialmente o tutor assume um papel de apoio docente, também propositor de um espaço interativo, esclarecedor de dúvidas e gerenciador das atividades promovidas; posteriormente, surge num espaço comprometido com suas potencialidades, o conhecimento se dá em um espaço global, provocando uma visão holística acerca da reciprocidade com outras áreas de conhecimento e por fim, é considerado como o propulsor da EAD consistente, de qualidade, “capaz de disseminar os pressupostos da educação a distância”. Portanto, assume responsabilidades ao que se refere a construções coletivas, interatividade, seleção dos materiais, preparação das aulas diante da sua realidade, tendo caráter emergente.

Segundo as mesmas, “é necessário que a pessoa apresente algumas características importantes, tais como: dinamismo, visão crítica e global, responsabilidade, capacidade para lidar com situações novas e inesperadas e saber trabalhar em equipe”.

No artigo de Lina Morgado, “O papel do professor em contextos de ensino on-line: problemas e virtualidades”, as TIC’s (Tecnologias de Informação e Comunicação) “vêm colocar novas questões e exigir um reposicionamento de perspectivas, tanto no campo do ensino superior como no do ensino a distância, criando mesmo novas necessidades na educação e na formação dos indivíduos para o século XXI”.

Lina Morgado apresenta aspectos críticos sobre o ensino on-line, os quais foram baseados nos estudos feitos em Palloff & Pratt, Fullmer-Umari e Salmon: a dimensão do grupo em relação com os objetivos do curso, gerando dificuldade no gerenciamento do professor; o tempo quer pedagógico ao que se refere seu aproveitamento; a comunicação num ambiente assíncrono, requerendo um espaço planejado e a efetivação de uma comunidade de aprendizagem comprometida com uma abordagem construtivista.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os pontos levantados acima fundamentam a construção de um cenário interativo e colaborativo ao que se refere à aprendizagem, caracterizando o professor como emergente nesse processo de consolidação do ensino on-line.

A autora menciona fatores de grande importância para construção de um contexto de aprendizagem na EAD, tais como: visibilidade, feedback, materiais e permanência, logo gerenciado pelo professor.

O primeiro artigo descreve o tutor com uma postura emergente na defesa das concepções atuais sobre a EAD, um novo fazer educacional e no segundo, o professor diante de impasses em contextos de ensino on-line, apontando a tecnologia como meio as suas potencialidade e virtualidades.

Portanto, o papel da mediação do tutor é resignificar sua prática independentemente do modelo de ensino on-line. Diante do questionamento que autora coloca “Se o verdadeiro potencial do ensino online se fundamenta na interação que possibilita e na aprendizagem colaborativa, então, que tipo de mudanças se perspectivam ao professor em contexto virtual?” como ressignificar suas competências já conhecidas e com significados descritos?


Referências bibliográficas

[1] JAEGER, Fernanda Piires. e ACCORSSI, Aline. Tutoria em Educação a Distância. Disponível em: <http://www2.abed.org.br>. Acesso em: 03 mar. 2007.

[2] MORGADO, Lina. O papel do professor em contextos de ensino on-line: problemas e virtualidades. In: Discursos. Série, 3. Universidade Aberta, 2001. p. 125-138. Disponível em: <http://www.univab.pt/~lmorgado/Documentos/tutoria.pdf>.
Acesso em: 19 fev. 2007.


Publicado por: RODINEY MARCELO BRAGA DOS SANTOS

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola