Topo
pesquisar

Cuidados referentes à halitose

Saúde

Como saber se possui e como combater o mau hálito.

Tem problemas de mau hálito? Saiba se tem mau hálito e porque razão o tem. Saiba ainda os alimentos que deve evitar e aqueles que o podem ajudar. Aprenda sobre elixires e dentífricos e outras dicas para o tratamento do mau hálito ou halitose.

O que provoca o mau hálito?

  1. Uma das causas naturais que provocam o mau hálito é a ingestão de alimentos com cheiros fortes como o alho, a cebola, alguns tipos de queijos, etc.
  2. Caso seja fumador ou bebe cafés em demasia, saiba que esses podem ser os possíveis responsáveis pelo problema da halitose.
  3. Doenças nas gengivas, um abcesso num dente, sinusite, ou secura crónica da boca, poderão ser os desencadeadores desse problema.
  4. Problemas intestinais ou alguma outra doença com mais gravidade, poderão estar a causar os maus odores da boca.
  5. Alguns medicamentos poderão também causar o problema do mau hálito, principalmente os que secam a boca, como os medicamentos para emagrecer, para a depressão, para a artrite, hipertensão, entre outros.
  6. Saltar refeições também poderá causar esse mesmo problema, já que poderá ficar com a boca muito seca, ou seja, contribuir para o ambiente favorável de proliferação de bactérias.
  7. Se usa prótese dentária, esta poderá ser responsável pelo mau hálito. Durante a noite deixe-a dentro de uma solução anti-séptica, excepto se houver indicação em contrário, pelo seu médico.

Como saber se tem mau hálito?

  1. Pode por exemplo, cheirar o fio dental, após uma limpeza dos seus dentes, desde que este seja sem cheiro ou sem cera.
  2. Pode ainda passar a língua numa flanela e posteriormente cheirá-la para saber se está com este problema.

Que alimentos poderão ajudar no combate ao mau hálito?

  1. Em primeiro lugar, comer qualquer coisa, excepto alimentos fortes como alho, cebola, queijos, etc, é o suficiente para provocar a produção de saliva e evitar os maus cheiros presentes na língua.
  2. As laranjas, ricas em ácido cítrico, são muito eficazes, já que estimulam as glândulas salivares a produzir saliva, refrescando o hálito.
  3. A salsa é muito eficaz no combate ao mau hálito já que contém clorofila, com características especiais na remoção do mau cheiro e com excelentes propriedades anti-bacterianas.
  4. O cravinho ou cravo-da-índia contêm eugenol, mais um fantástico anti-bacteriano. Pode colocá-lo na boca e trincá-lo, deixando o seu óleo de aromas invadir a sua boca. Isto poderá arder ligeiramente, por isso vá trincando-o até todo o seu óleo ficar consumido, cuspindo tudo no final. Não use esta especiaria em óleo ou em pó pois poderá queimar a parte interior da boca.
  5. A canela em pau é muito eficaz como anti-séptico oral.
  6. Existem algumas sementes muito benéficas no combate ao mau hálito. São elas as sementes de funcho, de cardamomo, de endro e de anis. Esta última é a mais poderosa para matar bactérias, enquanto as restantes são mais eficazes para disfarçar o cheiro.
  7. A pastilha elástica, mastigada após as refeições, ajuda a limpar a cavidade bocal e estimula a produção de saliva, o que se torna benéfico. Opte pelas pastilhas sem açúcar, já que assim não permitirá que as bactérias do mau hálito sejam alimentadas por esses mesmos açúcares.

Os elixires, os dentífricos e as escovas de dentes são eficazes?

Grande parte dos elixires disfarçam somente o mau hálito durante algum tempo. Os mais eficientes para combater o mau hálito são os à base de dióxido de cloro, já que conseguem eliminar os compostos de enxofre, que causam o mau hálito. Os elixires mais comuns, à base de álcool, secam a saliva e agravam ainda mais o problema do mau hálito.

As pastas dentífricas à base de óleo da árvore-do-chá são as melhores, já que funcionam como um desinfectante natural. Poderá encontrá-las em farmácias ou lojas de produtos dietéticos. Traga sempre consigo uma escova de dentes e o respectivo dentífrico, usando-a após todas as refeições. Se por acaso ingeriu bebidas à base de citrinos ou de cola, escove os dentes apenas uma hora depois, já que se o fizer imediatamente a seguir, estará a favorecer o efeito erosivo que os ácidos desses líquidos provocam nos dentes.

A melhor forma de guardar a sua escova de dentes é de cabeça para baixo, num recipiente tapado e com água oxigenada. Não se esqueça de a passar bem por água antes de ser utilizada.

Outras técnicas para eliminar o mau hálito da boca:

  1. A língua é a principal responsável pela produção do mau hálito, pois aloja bactérias que provocam esses maus odores. Sempre que possível raspe-a, por exemplo, com os dentes, enxaguando posteriormente a boca com água.
  2. Uma colher também é muito eficaz como raspador de língua. Passe a colher pela língua, de trás para a frente, durante algumas vezes e não esquecendo as laterais da língua. Passe depois a boca por água.
  3. Use um irrigador para a boca, um aparelho simples que esguicha água e limpa o interior da boca. Este é muitas vezes mais eficiente que uma escova de dentes ou o fio dental.

Se o seu hálito tem um sabor adocicado, poderá ser um sinal de diabetes, devendo consultar um médico para realizar os respectivos exames.

Se estas dicas não foram suficientes ou acha que tem uma higiene cuidada e eficiente da boca e continua com problemas de mau hálito, considere consultar um dentista que o poderá aconselhar sobre a sua higiene oral, verificando se tem algum  problema ao nível dos dentes, das gengivas ou outro tipo de problema mais grave.

Aila R. Cruvinel,Cirurgiã Dentista


Publicado por: Aila Cruvinel

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola