Topo
pesquisar

A Forma Correta de Investir na Educação Pública

Educação

Qual é a forma correta de investir na educação pública? Clique e confira sobre o assunto!

A Forma errada de investir na qualidade da educação Brasileira denigre e afeta de forma crônica, a qualidade da educação pública, o repasse dos recursos para as instituições (Prefeituras e Estados) pelo governo federal, provoca de forma cruel e direta uma série de prejuízos na qualidade da educação e dos profissionais formados pela escola pública. E o pior é que aqueles que deviam zelar e investir honestamente esses recursos, buscando melhorar tanto a qualidade do trabalho do professor quanto à qualidade do aprendizado dos alunos, tentam iludir e ludibriar a população afirmando que esse é seu interesse, e que os investimentos e apoio a educação estão corretos, restando por tanto jogar todo problema que passa a educação pública, naqueles que enfrentam todos os dias o humor, os problemas e as transformações da sociedade em uma sala de aula.

Hoje dentro das instituições (Prefeituras e Estados), o que interessa são os resultados numéricos, como quantidades de aprovados, número de desistentes e número de evadidos, pois desta forma o governo federal ira penalizar as instituições que tiverem redução no número de alunos, reduzindo de forma proporcional os recursos enviados aquela instituição, enquanto que a qualidade é um item que não merece qualquer interesse, já que a forma errada de repasse dos recursos para as instituições, não priorizam esse item, embora perante os vários discursos proferidos pelos gestores, eles falem exatamente o contrário. A forma com que os recursos federais são repassados as instituições, dependem basicamente da quantidade de alunos matriculados dentro dos ciclos a que as instituições controlam, incentivando dessa forma uma verdadeira guerra por recursos federais entre as instituições (Estados e Municípios). O item qualidade na educação deve ser priorizado, os recursos destinados à educação devem ser mais bem geridos e fiscalizados principalmente pelos ministérios públicos de todo País.

O Parlamento nacional deve mudar essa forma de repasse dos recursos para as instituições, procurando privilegiar também a qualidade da educação, melhorando o interesse dos alunos, incentivando o professor, restabelecendo também a extinta participação dos pais e dos responsáveis pelos alunos, na construção do conhecimento de seus filhos, fazendo-os reconhecer, e zelar a escola pública e tudo de bom que ela tem a oferecer a sociedade.


Publicado por: JORGE LUCENA

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola