Topo
pesquisar

Aviação - Você sabia?

Curiosidades

Você sabia que os pneus das aeronaves que voam a elevadas altitudes são enchidos com nitrogênio? Clique e confira!

VOCÊ SABIA...

...que os pneus das aeronaves que voam a elevadas altitudes são enchidos com nitrogênio, pelo fato destas aeronaves enfrentarem temperaturas de até -50ºC e pelo nitrogênio variar pouco seu volume em função da temperatura.

...que as turbinas dos aviões são testadas para suportar colisões com alguns pássaros, no teste frangos mortos são lançados a uma velocidade de 400Km/h contra a turbina.

...que aviões bimotores geralmente conseguem se sustentar com somente um motor, porém na decolagem, em baixa altitude e elevado peso da aeronave, sua operação pode ser dificultada.

...que um Boeing 737, como os operados por companhias aéreas brasileiras, decola com um peso entre 49.190 a 79.010 kg, só de combustível são em torno de 21.000 litros.

...que as luzes da cabine de passageiros são reduzidas para o pouso e decolagem para que a pupila dos passageiros se adaptem ao local mais escuro e possam identificar melhor as luzes que conduzem até as saídas de emergências, em caso algum incidente.

...que o melhor local de se viajar, para pessoas que sentem enjoo é em cima das asas, pois o avião realiza os movimentos para subir e descer em torno do eixo das asas, consequentemente reduzindo estas sensações para quem ocupa aqueles assentos.

...que raios podem até causar problemas em alguns sistemas do avião, porém não tem capacidade de derrubá-los.

...que no Brasil existem por volta de 4.000 aeroportos e aeródromos.

...que a expressão "Portas em automático" significa que as escorregadeiras (aquelas que são usadas para possíveis desembarques em emergência) estão armadas e que abrindo as portas elas entram em funcionamento. 

 ...que os celulares devem ser desligados durante o pouso e decolagem para evitar que interferências eletromagnéticas afetem sistemas eletrônicos do avião


Publicado por: Ramon Fernandes Silva Bezerra

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola