Topo
pesquisar

O Feudalismo

História

Conheça as heranças e a história do feudalismo.
Segundo Jacques Le Goff feudalismo é: “um sistema de organização econômica, social e política baseado nos vínculos de homem a homem, no qual uma classe de guerreiros especializados – os senhores –, subordinados uns aos outros por uma hierarquia de vínculos de dependência, domina uma massa campesina que explora a terra e lhes fornece com que viver”.

As invasões de diversos povos de bárbaros no século IX e X e o bloqueio do mar mediterrâneo pelo avanço mulçumano provocou no Europa Ocidental um clima de grande temor e insegurança, gerando transformações no modo de vida das sociedades europeias como a ruralização da sociedade.....formando vilas fortificadas, muralhas e castelo. Os mais pobres buscavam refugio junto aos nobres e guerreiros , os camponeses ao senhores que os submetiam em servidão.

HERANÇAS

As instituições feudais tem em sua gênese e processo de formação a queda do Império Romano no século III, reinos germânicos V e VI e o Império Carolíngio no século IX.O legado marcante do Império Romano é o :

  • Colonato: Segundo Hilário Franco Junior o colonato é o aviltamento da condição do trabalhador livre e por uma melhoria da do escravo. Era vinculados a terra que não podia ser vendida sem ele, nem o mesmo sem a terra. O colono era juridicamente um homem livre mas escravo da terra. O senhor lhe oferecia terra e proteção , porém recebia um rendimento do seu trabalho.
  • Fragmentação do poder Político: Ao final do Império a administração romana não impunha mais a sua autoridade em todas as regiões, desta forma, com o poder central enfraquecido, os servos ampliaram seus poderes locais. .

A herança germânica foi marcante quanto a privatização da defesa através do:

  • Comitatus: Ou o companheirismo, tratava-se da ligação dos guerreiros ligados por juramento ao chefe, em servi-lo até a morte, em troca de uma parte do saque e de seu comando.
  • Beneficium: Era a recompensa dada pelos chefes militares germânicos aos guerreiros , davam-lhe posse de terras ,que mais tarde denominada de feudos, onde o guerreiro oferecia fidelidade ao senhor.
  • Bucellari: Presente desde o século IV, fortaleciam o Império contra as incursões Bárbaras,
  • Economia Agropastoril: servia para a subsistência, a base da economia germânica era a agricultura, criavam animais.

PODER POLÍTICO

Houve um enfraquecimento do poder político , o poder central se fragmentou , desta forma o poder passou ser exercido pelos senhores feudais, donos de grandes porções de terras , que possuía autoridade administrativa, judicial e militar. Feudo, palavra de origem germânica significa “bem oferecido em troca de algo”, onde havia o direito de posse sobre um bem, em grande parte sobre a terra. No feudo ocorriam as formas de produção e a maior parte das relações sociais.

Desde o Período de Carlos Magno , a relações de dependência deste com seus servidores estava pautado na fidelidade através de laços pessoais. No feudo o senhor ou suserano (nobre) concedia o feudo e proteção ao servo que, por conseguinte prestava-lhe serviços (de importância militar) , fidelidade e conselho. A cerimônia que os vinculava, no ato da transmissão do feudo constituía-se em dois momentos: A homenagem (o vassalo jurava fidelidade) onde o vassalo se ajoelhava diante do suserano, colocava sua mão na dele e prometia ser-lhe leal e servi-lo na guerra e a investidura (ato da transmissão de feudo ao vassalo).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A relação de Suserania e Vassalagem era composta de direitos e deveres entre si. O Suserano deveria proteger e dar assistência jurídica ao vassalo, como reaver o feudo do vassalo que morresse sem herdeiro, e restringir o casamento do vassalo com pessoa que lhe fosse infiel. O Vassalo teria de prestar serviço militar ao seu senhor, comparecer ao tribunal presidido pelo suserano toda vez que fosse convocado, fidelidade e conselhos.

SOCIEDADE

A sociedade feudal era divididos em estamentos , não havia mobilidade entre as ordens, era defendida pelo claro e nobreza como forma de manter seus interesses. A sociedade feudal se dividia em três ordens: Nobreza, Clero e Servos.

  • Nobres: (Bellatores, em latim significa guerreiros), detinham as terras, caçadores , dedicados ás atividades militares.
  • Clero: (Oratores, em latim significa rezadores), ordens dos membros da igreja detinham o poder ideológico, o conhecimento e influência politica.
  • Servos: (Labatores em latim significa trabalhadores) : Compreendia a população camponesa, garantiam a subsistência da sociedade, podia ser trocado, dado ou vendido pelo senhor, o que o diferenciava do escravo, tinha reconhecida a condição humana, podia ter bens, filhos e proteção do Senhor. (FRANCO).

PRODUÇÃO ECONÔMICA

A produção feudal era predominantemente agrícola e pastoril, caracterizado pelo senhorio (grandes terras) e como forma de trabalho a servidão. Nos senhorios, terras que variavam entre 200 e 250 hectares, haviam produções variadas de carnes ,leites, cereais , contudo os metais, sal e condimentos vinham de fora. Os campos abertos como o bosque ou pasto permitiam ao servo colher madeira e frutos no entanto não podiam caçar, somente o senhor, o nobre. As reservas senhoriais ,eram terras exclusivas do senhor feudal, tudo o que fosse produzido pertencia ao senhor. Os mansos servis eram terras onde os servos retiravam o seu sustento e os recursos necessários para cumprir com as obrigações devidas ao senhor.

A forma de trabalho era denominado servidão. A relação servil era composta de obrigações que deveriam ser pagas em forma de trabalho e bens. A corveia, sendo o servo livre deveria trabalhar alguns dias da semana gratuitamente para o seu senhor. A talha era a obrigação em entregar parte da produção agrícola ao seu senhor. A banalidade era o pagamento de taxas ao senhor pela utilização de equipamentos, como os fornos, moinhos e arados .

Bruno Brandão Silva

Graduando em História.


Publicado por: Bruno Brandão Silva

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola