Topo
pesquisar

Polícia para quem precisa

Redação

A situação da policia no Brasil.

No Brasil, as melhorias na segurança pública aparecem como prioridade nos planos de governo das campanhas eleitorais, porém pouco se investe nessa área.

O problema adquire contornos mais carregados quando vemos policiais despreparados, mal pagos, sem equipamentos adequados, induzidos à corrupção e ao confronto com cidadãos muitas vezes idôneos, causando mortes desnecessárias.

A impunidade também se torna uma agravante, pois os mesmos são julgados pela sua própria classe, predominando, assim, o corporativismo.

Há várias propostas de mudança na política de segurança. Uma delas é o aumento de salário para R$3.200. Hoje, um policial recebe de R$800 a R$900. No Distrito Federal o piso é maior: R$2.000. Contudo, esse aumento é inviável analisando-se as diferenças econômicas entre os estados e o grande efetivo.

Outra questão é a unificação das polícias civil e militar. Nesse caso, as opiniões se dividem. Uns acham a ideia positiva, outros temem perder sua autoridade e benefícios adquiridos através do cargo.

É certo que salários precisam ser revistos, treinamentos pedem urgência e uma nova estruturação na Instituição se faz necessária. Mas enquanto não se define qual rumo tomar, como fica a população que paga impostos e espera se sentir segura e amparada?

Até agora, nada foi feito de concreto. Medidas paliativas estão sendo tomadas como, por exemplo, a Polícia Pacificadora implantada em algumas favelas cariocas. Todavia não são suficientes. O ideal de segurança seria um policiamento mais ostensivo e menos hostil.


Publicado por: heloísa fernanda rantechieri aquino

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola