Topo
pesquisar

Personalidade, emoções e comportamento

Psicologia

Personalidade, emoções e comportamento , o que é o homem, como surgem os problemas, ajudas terapêuticas, o que é emoçao, o foco da busca pessoal.

O homem é sempre uma somatória de acontecimentos passados e presentes. O que compõem a personalidade das pessoas são os traços hereditários ou congênitos, as recordações conscientes e inconsciente de experiências passadas e os hábitos desenvolvidos de comportamento. Os problemas existenciais que nos angustiam, nos dividem nos fazem acreditar que felicidade e paz são sonhos inatingíveis.

Esses problemas surgem de formas diferentes por exemplo como herança do passado, por aprendizado na vida ou por inabilidade ou dificuldades em se adapatar às mudanças que a sociedade as vezes nos impõem. Há os que possuem facilidade em superar os problemas de sua existência como também há os que não conseguem atingir o equilíbrio e harmonia consigo mesmo e com a vida. Cabe então ao terapeuta facilitar ao paciente o desenvolvimento de uma base emocional mais sólida. Dar ao paciente o direito de "se sentir capaz" o sentimento que lhe foi roubado durante sua vida. Facilitará ao paciente o alargamento de sua percepção pois assim o mesmo aumentará a sua compreensão de si mesmo e dos fatos da sua vida. Ou seja ele ampliará a consciência de si mesmo.

Quando o indivíduo encontrar uma barreira que torna mais difícil para ele seguir uma completa realização de si mesmo, formam-se áreas de resistência, atrito e tensão, e dependendo da incidência deste, instalará ali bloqueios que distorcem a percepção da realidade. A energia necessita correr, se ela encontrar ligeiros bloqueios, ela os contorna e mantém o seu curso. Se constantemente desviada e "represada", conduzirá o indivíduo a comportamentos inadequados e inexplicáveis. O processo de ajuda terapêutica atua principalmente na remoção destes bloqueios mais severos facilitando ao indivíduo o fortalecimento de sua capacidade perceptiva e compreensiva, permitindo-lhe a tomada de decisões com um grau de clareza e adequação até então nunca sentido.As emoções tem um papel muito importante na forma de apresentação de comportamentos.

Emoção segundo a Wikipédia é um impulso neural que move um organismo para a ação, etimologicamente, a palavra emoção provém do latim emotionem, "movimento, comoção, ato de mover. As emoções tem participação no surgimento ou no estabelecimento de doenças. São as chamadas doenças psicossomáticas, que iremos falar com mais detalhes em outro tópico. As emoções compõem de uma tal maneira a personalidade do indivíduo que muitas vezes ele acha que ele próprio é determinada pela emoção, exemplo quando diz, sou uma pessoa triste, ou sou irritado, ele não enxerga que ele está triste ou esta irritado naquele momento, ele não é apenas aquela emoção sentida e sim muito mais do que isso.

Pensar que se é a própria emoção faz o indivíduo perder de si mesmo. Isto significa, em termos práticos, que está esquecendo de si mesmo, perdendo o foco da busca pessoal, desviando-se dos seus projetos futuros. Neste caso, a pessoa ficará sujeita ou escravizada às opiniões alheias. Tornará alguém que parece não ter vontade própria e passa a depender das opiniões e aprovações de amigos, parentes, pais e demais pessoas da sua convivência. Sente-se infeliz mediante qualquer comentário que não aprove suas ações, decisões, escolhas ou preferências se sentirá insegurança com medo de ter que enfrentar a realidade.


Publicado por: Águeda Martins

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola