Topo
pesquisar

Fatores que contribuem para a corrupção no Brasil

Política

Confira aqui alguns fatores que contribuem para a corrupção no Brasil.

Entender em sua plenitude, os fatores geradores da corrupção no Brasil, é tarefa sem dúvida desafiadora. Apesar de lermos muitos opiniões cabíveis e pesquisas de cunho analítico, ainda não se pode afirmar precisamente de onde surgiu esta "doença da alma". Porém, é possível apontarmos alguns fatores que contribuem para este mal.

Para Bauman (1997, apud MENDES, 2010, p. 27), a discrepância entre excesso de poder e escassez de orientação para utilização desse poder é descrita como "a crise da ética da pós-modernidade ou crise ética dos tempos modernos". É a partir destes conceitos, que sentimos necessidade de debruçarmos em um vasto de definições e analogias que de fato nos nortei para uma resposta concreta e sólida. Fazendo pesquisa analíticas, com várias contribuições, percebemos em verdade, que o fanatismo exacerbado pelo poder é sem dúvida gerador de corrupção ativa.

"Em grande parte das vezes o desvio ético não resulta de nenhum objetivo premeditado de transgredir as normas de conduta, mas de simples desconhecimento ou despreparo quanto à sua aplicação reais do dia a dia" (MATIAS-PEREIRA, 2012, p. 97). A partir desta observação, começamos a perceber que, um dos grandes problemas da corrupção e falta da ética na administração pública, é sem dúvida, o desconhecimento das leis e condutas pertinentes aos gestores. É ainda, uma triste realidade à qual estamos submetidos. A cada pleito eleitoral, se deparamos constantemente com candidatos desinformados, despreparados e sem ao menos compreender qual é ou qual será seu papel caso seja aprovado pela a maioria.

Segundo Andrioli (2006):

A falta de transparencia, a exclusão da maioria da população das decisões políticas mais importantes, a baixa participação política da sociedade civil e a impunidade com relação à corrupção são as consequências do sistema político brasileiro, constituindo um ciclo vicioso que facilita ações corruptas. (ANDRIOLI, 2006)

É fato. Quanto mais nos excluímos da política e à ignoramos por achar que não é essa a que queremos, mas estaremos nos direcionando para o abismo da corrupção. Participar das decisões, estarmos atentos aos nossos direitos e deveres, tentar compreender a realidade é cada vez mais fundamental para que possamos ter esperanças de tempos melhores. Não é deixando pra lá que as coisas irão mudar. É trazendo o problema pra cá, que iremos juntos tentar resolver.

REFERÊNCIAS

ANDRIOLI, Antônio Inácio. Causas estruturais da corrupção no Brasil. Rev. Espaço Acadêmico, n.64, set. 2006. Disponível em:

MATIAS-PEREIRA, José. Manual de Gestão Pública Contemporânea. 2. ed. São Paulo: Atlas S. A, 2012.

MENDES, Annita Valléria Calmon. Ética na Administração Pública Federal: a implantação de Comissões de Ética Setoriais – entre o desafio e a oportunidade de mudar o modelo de gestão. Fundação Alexandre de Gusmão - FUNAG, 2010. Disponível em: < http://funag.gov.br/loja/download/942-etica_na_Administracao_PUblica_Federal.pdf


Publicado por: Darcio Santana

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola