Topo
pesquisar

Primeira Guerra Mundial

História Geral

Primeira Guerra Mundial, as causas da Primeira Guerra Mundial, desenrolar da Primeira Guerra Mundial, países envolvidos na Primeira Guerra Mundial, saldo da Primeira Guerra Mundial.

A Primeira Guerra Mundial foi o resultado dos constantes atritos provocados pelo imperialismo das grandes potências reunidas em dois blocos: a Tríplice Aliança e a Tríplice Entente. Os interesses das grandes potências eram apresentados a seus próprios povos como reivindicações nacionalistas.

A região dos Bálcãs era localizada a meio caminho entre a Europa e o Oriente Médio. Por esse motivo eram objeto de constantes disputas entre as grandes potências. Toda essa região havia pertencido ao Império Turco-Otomano. As lutas de independência dos povos que se desenvolveram nas proximidades dessa região, fizeram com que ampliassem o número de conflitos, tornando a disputa de independência numa luta generalizada difundida em diversos motivos e interesses. Com o desenrolar da guerra outras nações se envolveram nela, fazendo com que tornasse gigantesca. Os quatro anos de conflitos podem ser divididos em três fases de operações militares;

• Guerra de movimento (agosto-novembro de 1914)

Liderados por Von Moltke, os alemães lançaram parte das tropas contra a França. Tendo artilharia pesada e 78 divisões, os alemães invadiram a Bélgica, saíram vitoriosos sob os franceses na fronteira e partiram em direção à Paris. Com isso os franceses transferiram seu governo para Bordeaux e, na batalha do Marne, o general Joffe conteve os alemães, que recuaram. Porém, na frente oriental, o exército alemão obtinha sucessivas vitórias contra os russos.

• Guerra de posições (novembro de 1914 a março de 1918)

Protegidos por arame farpado, os exércitos se enterravam nas trincheiras, onde a lama, o frio, os ratos e o tifo matavam tanto quanto as armas e os canhões. Dessa forma, foram realizadas tentativas de quebrar as linhas defensivas alemãs. Porém os avanços, de um lado e de outro, eram insignificantes.

• Ofensivas de 1918

O uso de novos recursos possibilitou as modificações das condições de combate, entre os novos recursos destacam-se os canhões, aviões e a chegada de aproximadamente 1,2 milhões de soldados norte-americanos. As trincheiras passaram a ser ultrapassadas, os aviões de caça deram mais eficiência e mobilidade ao conflito. A Rússia se retirou da guerra e assinou um tratado de paz com a Alemanha.

A derrota sofrida pelos alemães, em julho de 1918, fez com que o país perdesse a possibilidade de vencer a guerra. Com a derrota militar, uma revolta popular que se alastrava pelo país, Guilherme II abdicou. Com isso, no dia 11, representado por um conselho social-democrata, o governo alemão assinou o armistício, aceitando todas as condições impostas pelos aliados.

Saldo da Guerra

• 8 milhões de pessoas morreram.
• 20 milhões de pessoas ficaram inválidas.
• 30% da riqueza da França foi consumida pela guerra.
• 22% da riqueza inglesa foi consumida pela guerra.
• Os Estados Unidos perderam 115 mil soldados e 36 bilhões de dólares.
• A economia norte-americana acabou saindo fortalecida do conflito.
• Outros países saíram vitoriosos da guerra como, por exemplo, a Suíça, a Suécia e a Espanha que tiveram a quantidade de ouro consideravelmente aumentada.
• O Japão ocupou o lugar da Inglaterra nos mercados do pacífico.
• Países não-industrializados foram beneficiados com o fornecimento de alimentos e matéria-prima, com isso tiveram a possibilidade de desenvolver sua própria indústria.


Publicado por: Eliene Percília

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola