Topo
pesquisar

Camada de Ozônio

Geografia

Camada de Ozônio, o que é a camada de ozônio, a função da camada de ozônio, fatores que comprometem a camada de ozônio, o buraco na camada de ozônio, a região mais afetada pelo burado na camada de ozônio, o buraco na camada de ozônio no Brasil, consequênc

É uma camada do gás ozônio O3 formada há 400 milhões de anos que funciona como um filtro que absorve parte da radiação solar. Essa proteção bloqueia os raios ultravioletas, sem a proteção ocorreria à diminuição da fotossíntese e desenvolveria doenças, principalmente de pele.

Nos últimos anos, as indústrias se desenvolveram rapidamente e esse acelerado desenvolvimento compromete o uso de produtos nocivos à camada de ozônio como o CFC (clorofluorcarbono) que é um gás altamente destrutivo, pois, ao atingir a camada produz reações químicas que destroem as moléculas do ozônio.

O buraco na camada de ozônio foi percebido em 1985 e, a partir daí, tem seu foco na discussão ambiental. A região mais afetada é a Antártida que apresenta uma área de 28,2 milhões de km² já afetada. Quanto menos oxigênio houver na estratosfera, maiores serão as radiações solares sobre a terra.

É provável que se não interferirmos neste processo de destruição, os raios ultravioletas destruirão o filoplâncton que produz oxigênio para o mundo e alimento para espécies marinhas.

No Brasil, a camada de ozônio permanece estável em 5%. Os fatores que contribuem com essa oscilação são os ventos alísios e contralísios que dispersam os poluentes a caminho da estratosfera e o baixo consumo de gases nocivos.

Geografia - Meu Artigo


Publicado por: Gabriela Cabral da Silva Dantas

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola