Publicidade

Acesso Restrito

O folguedo da Cidade

Por: GEONE ANGIOLI FERREIRA

O FOLGUEDO DA CIDADE

Admirei os folguedos

Da cidade

Guardei segredos

Na mocidade

E foi cedo

Bem menino

No desatino

Da enfermidade

Que consagrei

Meu coração

Acendi a fogueira...

De São João!

 

Fiz promessa

Em devoção

Meu filho

Batizei

Por respeito

Fé e gratidão!

Criei o boizinho

De curuatá

Com ladainha

 

Aluá e tacacá

Hoje o mundo

Aqui na Baixa

Vem ti visitar.

 

Celebro em junho

Esse pedido

Sou o mais querido

Desse lugar

Teço um verso

Em desafio

A brincadeira

Vai começar.

 

Eu sou Lindolfo

E tenho brio

Vermelho e branco

A cantar.

 

A oitava maravilha

Vai chegar

Dança meu boi

Meu boi-bumbá.

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Folclore

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2017 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).