Topo
pesquisar

O bem é alimento do espírito e equilíbrio orgânico

Doenças e Saúde

Com o avanço das pesquisas, a comunidade científica internacional reconhece o valor da prece e da meditação na luta contra as moléstias.

Segundo o dicionário Houaiss, 'perispírito é um invólucro fluido que serve de ligação entre o corpo e o espírito'. É o instrumento que o espírito usa para atuar no mundo material e por meio dele revelar a sua vontade. É conhecido também como corpo astral e tem a forma humana.

Allan Kardec, que foi o responsável pela codificação e sistematização do Espiritismo, nos lembra que o corpo fluídico - perispírito - é o órgão de transmissão de todas as sensações e que tem importante papel nos fenômenos psicológicos, fisiológicos e patológicos. É parte integrante da alma e na medida em que se eleva espiritualmente se torna mais etéreo.

Assim como o corpo, o corpo fluídico merece cuidados. É a sede dos sentimentos. Nele se alojam os pensamentos, por exemplo, cólera, ciúme e inveja, que são ideias negativas e contribuem para o aparecimento de doenças. Isso ocorre, certamente, na medida em que levam ao enfraquecimento das defesas imunológicas do organismo.

Estudiosos como Richard Gerber, Charles W. Leadbeater e o próprio Kardec, entendem que o perispírito funciona como um órgão de estabilização emocional do corpo humano. Portanto, todo e qualquer distúrbio nele ocorre. Então, o equilíbrio é resultante da estabilidade mental e emocional do indivíduo. Por isso, o bom combate aos pensamentos negativos é fundamental. Em uma palavra, isso leva a harmonia corporal. Na verdade, o princípio inteligente transmite pelo corpo fluídico sua vontade e o cérebro processa essas informações e as coloca em ação.  Ou seja, ele registra todas as nossas ações: boas ou más.       

Com base nesta premissa, pergunta-se: o que ocorre com alguém que perdoa uma falha cometida por outrem? Forma-se em torno de si um halo energético (aura) que promove a estabilidade das forças espirituais que agem na matéria e impedem que as moléstias se fixem no organismo. Some-se a isso a homeostasia, que é a propriedade reguladora de um sistema pelo qual o organismo mantém constante o seu equilíbrio. Logo, está claro que o ato de perdoar promove e colabora para a estabilidade das forças presentes no inconsciente.

Com o avanço das pesquisas, a comunidade científica internacional reconhece o valor da prece e da meditação na luta contra as moléstias. Assim, não resta dúvida que as pessoas têm um arsenal de recursos valiosos ao seu alcance para que possam buscar o seu reequilíbrio orgânico. Finalmente, ninguém nega que, entre muitas coisas, o amor é capaz de curar até uma doença física!

Por fim, não é exagero afirmar que o perispírito tem a chave para a boa saúde e da mesma forma somos responsáveis por ela. 'Faça o bem sempre que possível; se não puder fazer o bem, tente não fazer o mal', diz Dalai Lama.                                                                

Sobre a prece, vale destacar as palavras de Allan Kardec, no O Evangelho Segundo o Espiritismo (1997):

'A prece aciona uma espécie de ação magnética entre aquele que ora e a quem ela se dirige. (...) Os Espíritos têm a condição de poder acionar essa ação magnética fluídica sobre os homens e em razão disso complementam, quando se faz necessário, a insuficiência daquele que ora, seja agindo diretamente 'em seu próprio nome'; seja dando-lhes, naquele momento, uma força excepcional, desde que os julguem dignos dessa ajuda ou quando ela possa ser proveitosa.' 


Publicado por: RICARDO SANTOS

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola