Topo
pesquisar

A Vaidade Moderna

Atualidades

Adequação aos padrões estéticos de uma sociedade moderna.

Numa sociedade moderna como a presente, repleta de inovações, tecnologia, cores e formatos desenvolvidos com o intuito de chamar a atenção, não é estranho pensar que as pessoas também sintam esse desejo, as vezes inconsciente, de ser visto e admirado. A isso deram o nome de vaidade, e diferente de outrora, não deve ser encarada como uma obsessão, mas sim como uma adequação aos padrões estéticos de uma sociedade moderna.

Não só as mulheres e pessoas com melhores condições financeiras, mas também os homens e pessoas mais pobres estão investindo cada vez mais na aparência. E esse fenômeno tem uma explicação plausível: pode parecer cruel, mas é fato que pessoas bonitas ocupam melhores cargos e ganham melhores salários, pois uma boa aparência passa a sensação de profissionalismo e perfeccionismo.

Outra motivação para essa mudança de comportamento é a pressão psicológica que a mídia causa nas pessoas. Estar rodeado de exemplos de padrões de beleza na música, televisão, cinema e em revistas faz um indivíduo comum se sentir "fora do eixo", com a sensação de que algo está errado com ele, então quanto antes se adequar aos padrões de beleza do momento, melhor.

Mas é claro que, mesmo com a grande quantidade de informações depositadas em propagandas cultuando a beleza e juventude, não se deve exagerar. A vaidade é bem vinda quando for para a melhora e conservação da autoestima de um indivíduo, mas nunca quando essa vaidade se transforma em obsessão. Já é de conhecimento geral que a busca incansável pela beleza a qualquer custo pode levar à doenças graves como a anorexia, bulimia ou ainda depressão.

Sabendo disso, a pessoa deve ter a sensatez de "reciclar" todo o conteúdo que recebe diariamente dos diversos meios de comunicação e utilizar somente o que for realmente bom.

Concluindo, ressalta-se que a vaidade hoje deve ser encarada como uma adequação aos novos padrões estéticos e não como uma obsessão sem fim. Deve ser cultivada desde que seja para gerar uma melhor qualidade de vida, e não para a autodegradação de uma pessoa.


Publicado por: tabata larissa

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola