Topo
pesquisar

A sociedade capitalista e suas mudanças!

Atualidades

Evolução intelectual e tecnológica do planeta, nova era da espiritualidade, era contemporânea, capacitação, conscientização

Já entramos neste milênio em um processo de mudanças e depurações e muitas transformações já começaram a ocorrer as quais, gradativamente irão se concretizando.

Estas mudanças devem-se à evolução do planeta - de tempos em tempos um novo ciclo de evolução se concretiza. Podemos observar que desde a era primitiva até a era atual muito houve em termos de evolução, e agora não é diferente.

Hoje, o planeta, assim como seus habitantes estão infinitamente mais evoluídos, principalmente no sentido intelectual e tecnológico, na Idade da Pedra não existia note book, certo?

Estamos iniciando mais um ciclo que ditatorialmente é espiritual. Todas as tradições e grupos que não engrandecerem o homem no campo intelectual, moral, espiritual e sustentadas entre si, serão abandonas pela sociedade. O ser humano hoje está infinitamente mais evoluído, um povo mais esclarecido, mais pensante, inteligente, ou seja, já é o iniciou de todo este processo. Pode parecer um enigma, mas não é. Podemos observar que os problemas e dificuldades vão chegando e se acumulando, é o sinal de tais mudanças, porque estamos sendo colocados à prova, caminhos que se bifurcam para que o nosso senso de responsabilidade e moral fale mais alto e tome a iniciativa.

Tantas atrocidades acontecendo, seja na política, na administração, nos lares; tanta violência e desequilíbrio, na verdade é que a visibilidade começa a se exteriorizar para nos acordar. Quem continuar a gerir sistemas destituídos de ética, moral, caridade, amor, respeito, humanidade... com uma filosofia de que um só ganha em detrimento do outro - o chamado ganha-perde ao em vez de ganha-ganha -, estará fadado a uma ascendente para o insucesso, a infelicidade.


Nesta nova era da espiritualidade, somente sobreviverá o capitalismo que estiver embasado nos entendimentos espirituais e morais de seus dirigentes, buscando a liberdade, a igualdade, a fraternidade, respeitando o ser humano como quer ser igualmente respeitado, onde o bem-estar social e humanitário prevalece.



Estas sim, serão empresas, sistemas, governos, estados, cidades, grupos, famílias... saudáveis com um futuro infinitamente promissor e feliz.

Hoje, na era contemporânea, não basta mais ter qualidade, preço, certificações, poder, status... os gestores das organizações devem desempenhar papéis, funções, atividades... mas, que garantam não apenas a sobrevivência das organizações, mas também a verdadeira harmonia entre o ambiente interno e externo, o respeito e a fraternidade, a harmonia do clima organizacional e a parceria entre todos. Enfim, devem estar preparados e capacitados para a transformação, isto somará incomensuráveis retornos para o empregador, para o colaborador e todos os demais envolvidos.

Antigamente, o foco estratégico das organizações centrava-se na capacidade mercadológica, produtiva, financeira... que se esqueciam do mais importante: “as pessoas”, as que produzem o que é comercializado. Hoje, capacitá-las, aumentando-lhes a consciência profissional, o comprometimento, a competência, o envolvimento, a satisfação, a inteligência espiritual dentre outros fatores, é o ponto principal para a concretização dos resultados.


Mas somente será alcançado quando estiverem conscientizados e capacitados para tais valores através de uma visão holística.

Caso você seja um líder, um administrador, um político... objetivando sucesso, deverá pautar-se por estas diretrizes capacitando-se a ser inteligente espiritualmente porque é a inteligência que completa todas as demais e faculta-nos o fechamento de todos aprendizados necessários. Em poucos anos a sociedade até então capitalista deixará para trás paradigmas cristalizados no materialismo e se colocará ao lado de pessoas, grupos, sistemas, moralizados e espiritualizados. Todavia os que não se propuserem a mudar ficarão obsoletos e cairão em desuso. Isto é a chamada evolução.

Não devemos pagar para ver,
O preço é altíssimo!

No amor e na luz
Leontina Rita Acorinti Trentin


Publicado por: Leontina Rita Aocrinte trentin

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola