Topo
pesquisar

Soco no estômago

Administração

Crise Mundial, mudanças no mercado de trabalho, disputa por cargos nas empresas,...
Para a maioria dos seres humanos, a conquista e o exercício do poder são atividades prazerosas. Essa busca de satisfação advinda da realização profissional é que torna inteligível a história da humanidade, cujos acontecimentos estão, de um modo ou de outro, orientados para aquela finalidade. A satisfação proporcionada pela luta em busca do poder político ou profissional e seu exercício não é, entretanto, da mesma natureza da que rege a busca da fortuna e do exercício do poder pessoal.

No entanto, o conduto de todo o inconformismo frente aos ditames da incerteza do mercado, diante da crise mundial, vem perdendo grandeza desde o surgimento de obstáculos que levam as pessoas a não acreditar no futuro, com toda a experiência e currículo adquiridos. Esse profissional está se tornando “sem bandeiras, sem propostas, sem um norte” o que dói como um soco no estômago*.

A disputa por cargos nas empresas embora não alvissareira, diante do fato de que, cada pessoa dispensada muitas vezes seu colega acaba assumindo sua posição, sem ganhar o que o dispensado ganharia, acaba acontecendo.

Mantido o andar da carruagem, pode-se endossar que quem decide não está preocupado com uma remodelação ética interna, livremente assumida e, se disponha, a tomar a sério seus estatutos ou acordos para imunizar-se contra a síndrome do desemprego.

Parece até, a história do A, E, I, O, U* que nada tem a ver com vogais do alfabeto. Elas apenas designaram a divisa nacional da Áustria, originalmente em latim: Austriae Est Imperare Orbi Universo. Que quer dizer em tradução livre: “O destino da Áustria é comandar todo o universo”. Ou em Alemão de Hitler que clonou a frase dos Australianos: Alles erdreich ist Oester-reich unterthan que quer dizer a mesma coisa, modesta pouca é bobagem não?....

Amazildo de Medeiros – Analista Organizacional

Publicado por: Amazildo de Medeiros

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola