Topo
pesquisar

A Questão Ambiental na Empresa

Administração

Preservar a natureza significa também preservar a própria vida humana no planeta terra.

Introdução

Há algumas décadas percebeu-se que preservar a natureza significa também preservar a própria vida humana no planeta terra porque fazemos parte de todo esse sistema. Inicialmente a preocupação era pela extinção dos animais, mais tarde a questão do desmatamento das florestas, a poluição da atmosfera até que se atentou para todos os tipos de impactos que possam prejudicar o meio ambiente, como por exemplo, a poluição causada pelas indústrias com suas emissões de CO2, gerada principalmente nos países desenvolvidos.

TACHIZAWA (2004) afirma que “a expansão da consciência coletiva com relação ao meio ambiente e a complexidade das atuais demandas sociais e ambientais que a comunidade repassa às organizações, induzem a um novo posicionamento por parte dos empresários e executivos em face de tais atuais questões”.

Como forma de verificar e divulgar quais empresas que realmente apresentam uma postura ambientalmente correta estabeleceu-se sistemas de avaliação de desempenho ambiental, com normas e critérios padronizados para o mundo todo. O conjunto de normas mais conhecido é o da série ISSO 14000. Isso porque não basta apenas anunciar que seus processos e produtos não causam danos ambientais, é preciso provar. E o mais importante nesse processo: o cliente passa a confiar muito mais na empresa.

Atuar de maneira ambientalmente responsável é ainda hoje um diferencial entre as empresas, destacando-as nesse competitivo mercado. Porém, em breve, este diferencial se tornará em um pré-requisito e quanto antes as empresas perceberem esta nova realidade, maior será a chance de se manterem no mercado.

Análise Ambiental na Empresa

A gestão ambiental inclui uma série de atividades que devem ser administradas para formular estratégias de administração do meio ambiente para assegurar que a empresa esteja em conformidade com as leis ambientais, implementar programas de prevenção à poluição, gerir instrumentos de correção de danos ao meio ambiente, adequar os produtos às especificações ecológicas, além de monitorar o programa ambiental na própria empresa.

A questão social também é fundamental para as organizações porque diz respeito ao seu impacto no sistema social onde operam. É abordada por meio da análise do impacto da organização sobre as suas partes interessadas: colaboradores, fornecedores, consumidores/clientes, comunidade, governo e sociedade em geral – a nível local, nacional e global. Uma empresa socialmente responsável vai, assim, procurar minimizar os impactos negativos e elevar os positivos, passando a estabelecer e pôr em prática seus sistemas de gestão ambiental.

Esses sistemas são novos padrões de gestão da qualidade que atuam como ferramentas para prática de novos procedimentos apropriados em direção à meta do desenvolvimento sustentável. Um bom exemplo de ferramenta gerencial utilizada para melhoria do desempenho ambientalmente responsável é a análise de projetos, pois os mesmos devem ser submetidos à avaliação de impacto ambiental.

Posicionamento da Empresa

O posicionamento em relação às questões ambientais é o ato de desenvolver atividades e a imagem da empresa, de maneira que se ocupe uma posição em relação aos impactos ambientais por ela causados. Muitas se utilizam da reciclagem de materiais, outras desenvolvimento de processos, tratamento de resíduos, entre outros. De acordo com DONAIRE (1999), para uma correta avaliação de posição da empresa devem-se levar em consideração as seguintes variáveis:

  • Ramo de Atividade;
  • Produtos;
  • Processos;
  • Conscientização Ambiental;
  • Padrões Ambientais;
  • Comprometimento Gerencial (Linha e Staff);
  • Capacidade do Pessoal;
  • Capacidade da Área de P&D;
  • Capital.

Nesse estilo todo o grupo pode e deve contribuir com sugestões. A responsabilidade do líder é dirigir as opiniões para que na prática atinjam os objetivos esperados. O grupo passa a entender que atingir os objetivos é responsabilidade de todos.

O líder com este estilo geralmente tem um conceito equilibrado de si e não teme que hajam liderados melhores do que ele em determinados aspectos.

Aqui a dificuldade é a demora na tomada de decisões em tempos de crise.

Elementos Estratégicos Ambientais

Muitas empresas que antes viam o investimento na questão ambiental como medidas que aumentavam o custo da produção, descobriram que essa gestão reduz custos e pode tornar a empresa mais eficiente, pois com um bom programa a empresa economiza água, energia e matéria-prima. Assim, pode-se alavancar a estratégia competitiva da empresa e assegurar o cumprimento de seu papel social, através da atuação responsável.

Junto às exigências e atribuições de responsabilidade que a sociedade estabelece para as empresas, mesmo que por meio de criação de leis ou por obrigação, podem surgir também oportunidades.

É importante ressaltar que as empresas hoje são transformadoras e exercem uma grande influência sobre a sociedade e o meio ambiente. Nesse sentido vários projetos devem ser criados para atingir principalmente os seus funcionários, dependentes e a público externo. Esse comportamento denota o caráter social e ambientalmente responsável dos negócios da empresa, de tal maneira que a torna co-responsável pelo desenvolvimento da sociedade e da preservação dos recursos naturais.

Para atingir esse caráter responsável a empresa precisa desenvolver a capacidade de ouvir os interesses das diferentes partes: do público, do governo e dos acionistas ou proprietários e conseguir incorporá-los no planejamento de suas atividades, objetivando atender às demandas de todos, sem prejuízo dos recursos financeiros e com especial atenção a questão ambiental.

Política Ambiental

Consiste nas ações que a empresa toma diante das questões ambientais e que devem envolver a todos que participam direta ou indiretamente do processo produtivo.

Frequentemente podemos observar que as organizações baseiam suas políticas ambientais sobre as exigências da legislação, sendo raras aquelas que atuam de maneira livre por pura conscientização, havendo também outras que se utilizam da preocupação com o meio ambiente como ferramenta de marketing ou item de competitividade no mercado.

Conclusão

A gestão ambiental é tida hoje como uma exigência e diferencial de mercado, e embora seja algo relativamente recente, algumas empresas passaram a aplicar e criar ações baseadas nesse novo elemento estratégico de gestão, tratando também do seu ambiente interno como forma de promover suas idéias e atuações social e ambientalmente responsáveis.

A preocupação com a preservação do meio ambiente torna-se intensificada devido aos fenômenos climáticos que ficam cada vez mais freqüentes e intensos, sendo ocasionados na maior parte por intervenção humana, sendo esta oriunda principalmente das indústrias e desmatamento de florestas. Muitas empresas estão buscando formas de minimizar seus impactos no meio ambiente e outras estão buscando novas formas de produzir seus produtos de forma a utilizar os resíduos ou tratá-los antes do descarte final.

Como exigência global, as empresas devem se adequar a essa nova realidade, pois aquelas que persistirem em manterem processos nocivos e degradáveis ao meio ambiente estarão destinadas ao fracasso em curto espaço de tempo.

Muito mais de que uma questão global, a questão ambiental para as empresas tornar-se-á uma questão de sobrevivência para as empresas.

Referências

DONAIRE, Denis. Gestão Ambiental na Empresa. 2º Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

TACHIZAWA, Takeshy. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa: Estratégias de Negócios Focadas para a Realidade Brasileira. 2º Ed. Revista e Ampliada. São Paulo: Atlas, 2004.


Publicado por: Hamilton Felix Nobrega

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do Brasil Escola, através do canal colaborativo Meu Artigo. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
MeuArtigo Brasil Escola